Werley quer ver o Peixe pressionando o Goiás na Vila Belmiro

O Santos FC entra em campo no próximo domingo (18), às 17 horas, visando se firmar na quarta colocação do Campeonato Brasileiro. Mesmo com a derrota para o Grêmio, na última quinta-feira (15), o time permanece no G-4. O time não poderá contar com os zagueiros David Braz (suspenso) e Gustavo Henrique (lesionado), com isso, Werley deve atuar novamente na zaga santista.
Para o zagueiro santista, o jogo diante do Goiás, pela 31ª rodada da competição, o time precisa entrar da mesma forma que jogou o segundo tempo no sul, e, consequentemente, pressionar o adversário.
“Temos que ter a mesma postura que tivemos no segundo tempo contra o Grêmio, quando conseguimos jogar. Temos que manter a postura na Vila, como sempre fizemos. Pressionar o adversário, contar com a torcida, para que possamos matar o jogo.”, disse o camisa 2 do Peixe.
Sabendo que não terá ao lado nenhum dos zagueiros titulares, Werley não vê problemas em jogar com Leonardo ou Paulo Ricardo. ” Sem problema algum, já joguei com Braz, Gustavo, Paulo, tem o Leonardo também. O que o professor definir, nós vamos fazer. Precisamos correr para levar os três pontos.”
Com o time na quarta colocação, somando 46 pontos (ao lado do São Paulo), Werley acredita que o time só depende dos próprios esforços para conquistar a vaga para a Libertadores do ano que vem.
“O importante é que agora dependemos só da gente, mais de ninguém. Precisamos focar no Goias, concentrar bem, será um jogo difícil, mas temos que jogar para vencer, e pressionar os outros adversários.”, disse o zagueiro.
Werley disputou 36 partidas na temporada e marcou dois gols com a camisa do Alvinegro Praiano.