Veríssimo evita ‘clima de revanche’ por 2017 e espera jogo duro do Santos FC contra Ponte

Veríssimo evita ‘clima de revanche’ por 2017 e espera jogo duro do Santos FC contra Ponte
O elenco do Santos FC segue trabalhando forte visando a primeira decisão de 2020. Neste quinta-feira (30), os comandados de Jesualdo Ferreira encaram a Ponte Preta, às 21h30, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. A definição da vaga será em jogo único. Quem vencer fica com a classificação para a semifinal e qualquer empate levará o duelo para os pênaltis.
Antes da parada por conta da pandemia de Covid-19, a Ponte tinha apenas 7 pontos na tabela e lutava para seguir na Série A1 do Paulistão. Porém, a Macaca emplacou dois triunfos seguidos após o retorno do futebol na última semana e acabou avançando no estadual. Por conta disso, o zagueiro Lucas Veríssimo prega respeito ao time de Campinas e espera um duelo complicado nesta quinta.
“É uma equipe que vem numa crescente e vive seu melhor momento na competição. Estavam brigando contra o rebaixamento e de repente conseguiram a classificação. É um clube que tem tradição também, então vai ser uma partida bastante difícil e decidida nos detalhes, já que a vaga será definida em apenas um jogo. O professor tem nos orientado bastante, sabemos o que temos que fazer e vamos em busca da vaga na semifinal”, afirmou o camisa 28.
O zagueiro, por sua vez, não tem uma lembrança tão boa quando o assunto é enfrentar a Ponte Preta em quartas de final do Paulistão. Em abril de 2017, Veríssimo chegou a dar uma assistência de bicicleta para o companheiro David Braz anotar o gol da vitória sobre a Macaca por 1 a 0 no lotado Pacaembu. Porém, como o Peixe havia perdido pelo mesmo placar no duelo de ida, em Campinas, a decisão acabou indo para os pênaltis e o rival avançou de fase. Mesmo assim, o defensor santista não prega clima de revanche para o embate desta quinta-feira.
“Não tem porque ficar pensando no que aconteceu naquela partida. Na época foi triste a nossa eliminação, mas já passaram-se três anos e agora o momento é outro. Lá a classificação aconteceu em dois jogos e agora será definido em apenas um, então temos que focar nesse próximo jogo, pois a Ponte está confiante e vem de duas vitórias seguidas. Vamos esquecer o que já passou e fazer o nosso bem feito para sair de campo com a vaga”, concluiu Veríssimo.
(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)