Um título na Jamaica e a estreia no Maraca

Um título na Jamaica e a estreia no Maraca

Este 3 de fevereiro é data para recordar dois eventos importantes na riquíssima história santista: um título na Jamaica e a estreia no Maracanã, então o maior estádio do mundo. Vamos aos fatos…

Campeão em Kingston

Por Guilherme Guarche e Gabriel Santana

Em 3 de fevereiro de 1971, uma quarta-feira, o Santos Futebol Clube venceu o Chelsea por 1 a 0, com gol de Douglas Franklin, e conquistou o Torneio Triangular de Kingston, na Jamaica.

Dirigido pelo técnico Antônio Fernandes, o Antoninho, o Santos jogou com Cejas, Turcão, Ramos Delgado, Orlando Amarelo (depois Marçal) e Rildo; Léo Oliveira e Lima; Edu, Douglas, Pelé e Abel (Nenê Belarmino).

Curiosidade: Nesse país situado no mar do Caribe, na América Central, o Alvinegro já jogou quatro partidas, com uma vitória, dois empates e uma derrota; cinco gols marcados e cinco sofridos.

O intérprete Bob Marley, um dos artistas jamaicanos mais famosos, adorado por jovens de todo o mundo autor da imortal “No woman, no cry”, era torcedor apaixonado do Santos Futebol Clube, e as torcidas organizadas do Peixe o têm como um grande ícone, homenageando-o com o seu rosto em suas grandes bandeiras.

Primeira vez no Maraca

Em 03 de fevereiro de 1952, um domingo, o Santos Futebol Clube jogou pela primeira vez no Estádio Jornalista Mário Rodrigues Filho, o popular Maracanã, no Rio de Janeiro, construído para a Copa de 1950.

Naquele dia o Alvinegro Praiano, treinado por Aymoré Moreira, estreou no Torneio Rio-São Paulo contra o Botafogo, de quem perdeu por 2 a 1. Pascoal fez o gol do Santos, que jogou com Manga, Hélvio e Olavo; Nenê, Formiga e Pascoal; Alemãozinho (depois Cento e nove), Antoninho, Nicácio, Odair e Tite.

Curiosidade: O lateral-esquerdo do Peixe nessa partida chamava-se Olavo Francisco Borges, mas não era o mesmo Olavo que defendeu o Santos na final do Mundial Interclubes, contra o Benfica, e que depois foi técnico do Santos em 1975/76. Este último chamava-se Olavo Martins de Oliveira.

Até hoje o Alvinegro da Vila já jogou naquele que era chamado de “o maior estádio do mundo”, e hoje é conhecido como Arena Maracanã, 157 partidas, tendo vencido 52, empatado 33 e perdido 72, marcado 228 e sofrido 240 gols.