Sereias lutam, mas ficam com o vice da Libertadores após vitória do Huila nos pênaltis

Sereias lutam, mas ficam com o vice da Libertadores após vitória do Huila nos pênaltis

As Sereias foram guerreiras, lutaram até o último minuto, mas acabaram ficando com o vice da Conmebol Libertadores Feminina de 2018. Após abrir o placar com Brena logo no começo da partida, o Santos FC acabou levando o empate em 1 a 1 do Atlético Huila (COL), na noite deste domingo (2), na Arena da Amazônia. Com o resultado, o duelo foi para as cobranças de pênaltis e o Peixe foi derrotado por 5 a 3.

Agora, as santistas começam a pensar no Campeonato Paulista de 2019. Vale destacar que o Alvinegro Praiano venceu o torneio estadual nesta temporada após passar pelo rival Corinthians.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

O jogo – O Santos FC começou a partida sem deixar o Atlético Huila respirar. Logo no primeiro minuto de jogo, a volante Brena arriscou de fora de área e marcou um golaço na Arena da Amazônia, isolando-se na artilharia da Libertadores, com quatro gols, e abrindo o placar para as Sereias da Vila.

Mesmo com a vantagem logo cedo, o Peixe seguiu melhor que o time colombiano dentro de campo. Aos 13, Maurine cobrou escanteio com muito veneno e Carol Arruda testou firme, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Quatro minutos depois, Alanna chutou da entrada da área, Solera rebateu e Ketlen devolveu para Alanna, que estufou as redes. A arbitragem, porém, assinalou impedimento. No lance seguinte, Maria tentou o cruzamento pela direita e quase marcou um golaço.

Já aos 21, Maurine cobrou falta com uma categoria absurda. Caprichosamente, a bola explodiu no travessão e não entrou na meta defendida por Solera.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Oito minutos depois, as Sereias saíram em rápido contra-ataque com Maria, que avançou pela direita, entrou na área e tentou o toque para Ketlen, mas a zaga do Huila afastou o perigo e o embate foi para o intervalo com 1 a 0 no marcador.

Logo no primeiro lance do segundo tempo, o Huila acabou marcando com a zagueira Gavy Santos após cobrança de escanteio e deixou tudo na Arena da Amazônia.

Após o empate, a equipe colombiana cresceu no jogo e passou a assustar o Peixe em diversos momentos. Porém, quem chegou assustando aos 21 minutos foi o Alvinegro Praiano. Após cobrança de falta de Maurine, Camila se esticou toda e quase fez o segundo em Manaus.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Aos 39, Maria tentou cruzamento pela direita e acertou a rede, mas pelo lado de fora. Cinco minutos depois, Rosana cabeceou dividindo com a goleira Solera, que acabou levando a melhor no lance.

No ataque seguinte, Maurine cruzou na área, a bola passou por Chú e caiu nos pés de Alanna, que acabou mandando por cima da meta. Porém, a partida terminou empatada e a decisão foi para os pênaltis. Nas cobranças, o Huila venceu por 5 a 3.

FICHA TÉCNICA
SANTOS FC (5) x (3) ATLÉTICO HUILA (COL)

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Data: 2 de dezembro de 2018 (domingo)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Público: 4.475 pagantes
Renda: R$ 7.180,00
Árbitra: Zulma Quiñonez (PAR)
Assistentes: Laura Miranda (PAR) e Nadia Weiler (PAR)
Cartões amarelos: SANTOS FC: Rosana. HUILA: Cometti, Vallejos.

GOLS:
SANTOS FC: Brena, no 1º minuto do 1T;
HUILA: Gavy Santos, no 1º minuto do 2T;

SANTOS FC: Nicole; Maurine, Carol Arruda, Camila e Juliete; Brena (Chú), Sandrinha e Angelina; Alanna, Maria e Ketlen (Rosana).
Técnica: Emily Lima

HUILA: Solera; Rodallega, Gavy Santos, Cometti e Caracas; Peñaloza, Vallejos, Salazar e Quintero; Rincón e Viso.
Técnico: Alberto Erazo

(Fotos: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC)