Sequência de jogos, artilharia e paternidade: após 1° semestre marcante, Jean Mota diz “sonhar alto” no Santos FC

Sequência de jogos, artilharia e paternidade: após 1° semestre marcante, Jean Mota diz “sonhar alto” no Santos FC

O primeiro semestre de 2019 foi muito especial para Jean Mota. Dentro de campo, o camisa 41 balançou as redes em dez oportunidades, deu nove passes que terminaram em gols e ainda ganhou os prêmios de craque, artilheiro e um dos melhores meias do Campeonato Paulista.

Além destas façanhas, os seis primeiros meses desta temporada renderam a Jean Mota o maior número de jogos e gols por semestre desde sua chegada ao Peixe, em junho de 2016. Somando 146 partidas com a camisa santista, o meia entrou em 33 duelos, dois a mais do que no primeiro semestre de 2018, período em que mais atuou.

“Comecei o ano muito bem, tanto de forma individual como a coletiva, e fico muito feliz por isso. Tudo isso representa muita coisa. É fruto do trabalho que fazemos aqui dentro, fruto da confiança do treinador e dos meus companheiros. Sem a ajuda deles eu não teria conseguido estes três prêmios. São premiações individuais, mas trabalhamos em um esporte coletivo e precisamos de todos”, afirmou o artilheiro e líder de assistências da equipe na temporada.

Fora das quatro linhas a boa fase também acompanha Jean Mota. Casado há quase um ano, o jovem atleta de 25 anos se tornou pai no início deste mês e viu sua vida mudar em todos os sentidos.

“Foi um mês ótimo. Graças a Deus tivemos uma folguinha e deu para aproveitar bastante. Estou muito feliz com a chegada dele (Theo), tenho me alegrado bastante. Espero aproveitar ao máximo. Mudou muita coisa. É um ânimo a mais, é um amor diferente, não dá para explicar a chegada de um filho. Isso me ajudou e me fez pensar em querer sempre mais, não só por mim, mas agora por ele, pela minha família, pela minha esposa. Tê-los ao meu lado é ter alguém por quem correr. Isso é gratificante”, disse o jogador.

Com nove rodadas disputadas do Campeonato Brasileiro até aqui, Jean Mota tem a competição praticamente por inteira pela frente no segundo semestre. Motivado pelo que tem vivido, o jogador quer seguir em destaque para ajudar o Alvinegro Praiano a alcançar um grande objetivo.

“Temos sempre que sonhar alto. Estamos em uma crescente. Pude fazer meu primeiro gol nesse Brasileiro, contra o Atlético-MG, e isso me deu uma confiança muito grande para fazer o que eu fiz no Paulista. Espero manter o nível do primeiro semestre e, quem sabe, a gente possa bater lá em cima, nas primeiras colocações, e sermos campeões. Mas temos que pensar jogo a jogo.

Confira os números de Jean Mota por temporada desde sua chegada no Santos FC

2016: 24 jogos e dois gols
2017: 45 jogos (19 no 1º sem / 26 no 2º sem) e um gol
2018: 44 jogos (31 no 1º sem / 13 no 2º sem) e dois gols
2019: 33 jogos e dez gols

Foto: Ivan Storti/SantosFC