Sánchez marca no último lance e Santos FC vence Atlético-PR de forma heroica na Vila

Sánchez marca no último lance e Santos FC vence Atlético-PR de forma heroica na Vila

Sob forte chuva na Vila Belmiro, o Santos FC pressionou o Atlético-PR desde o início na tarde deste domingo (30) e desperdiçou diversas oportunidades. Quando parecia que o duelo terminaria empatado, Carlos Sánchez marcou de pênalti e o Alvinegro saiu de campo com a vitória por 1 a 0, em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018.

Com o triunfo, o Peixe chegou aos 36 pontos, subiu quatro posições na tabela e agora ocupa a 8ª colocação. Agora, a equipe comandada por Cuca mira suas forças no Vitória, adversário da próxima sexta-feira (5), às 21h30, no Barradão, em Salvador, pela 28ª rodada do torneio nacional.

O jogo – Como de costume quando atua na Vila Belmiro, o Santos FC começou a partida pressionando bastante. O Atlético-PR, por sua vez, apostava nos contra-ataques para conseguir assustar o goleiro Vanderlei.

A primeira chegada santista aconteceu aos 15 minutos, quando Ferraz ajeitou dentro da área e Sánchez encheu o pé para linda defesa de Santos.

Apesar do domínio no meio de campo, o ataque do Peixe não conseguia causar um grande estrago na zaga atleticana. Até que aos 36, Rodrygo recebeu pela direita, driblou a marcação e chutou forte, obrigando o goleiro do Furacão a fazer mais uma boa intervenção.

Nos últimos momentos antes do intervalo, a equipe de Curitiba cresceu, mas parou em Vanderlei, que garantiu o 0 a 0 na Vila.

(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Seguindo a tônica da primeira etapa, o Santos voltou colocando o Furacão na roda. Porém, a equipe comandada pelo técnico Cuca seguiu desperdiçando grandes oportunidades. Aos 12, Rodrygo cruzou pela direita na pequena área, a bola passou por todo mundo e não entrou.

Na sequência, Sánchez apareceu bem duas vezes, mas parou em duas ótimas defesas de Santos. Já aos 18, Rodrygo soltou uma bomba de longe e o arqueiro atleticano pegou mais uma.

A pressão seguiu absurda! No lance seguinte, Bruno Henrique mandou para dentro da área e Sasha não alcançou a redonda.

Aos 36 minutos, o técnico Cuca promoveu a estreia como profissional do atacante Kaio Jorge, promessa da base santista. A joia de 16 anos entrou na vaga de Bruno Henrique.

E quando a partida caminhava para o empate zerado, o árbitro Caio Max Augusto Vieira assinalou pênalti de Rony em Dodô. Na cobrança, Carlos Sánchez soltou uma bomba no canto direito e anotou o tento da vitória santista na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
SANTOS FC 1 x 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (SP)
Data: 30 de setembro de 2018 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)
Público total: 7.802
Renda: R$ 141.227,00
Cartões amarelos: SANTOS FC: Gustavo Henrique, Carlos Sánchez. ATLÉTICO-PR: Paulo André, Lucho González, Léo Pereira, Márcio Azevedo e Nikão.

GOL
SANTOS: Carlos Sánchez, aos 51 do 2T;

SANTOS FC: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu (Luiz Felipe), Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Rodrygo, Bruno Henrique (Kaio Jorge) e Eduardo Sasha (Derlis González).
Técnico: Cuca

ATLÉTICO-PR: Santos; Diego Ferreira, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães), Marcinho (Rony), Raphael Veiga e Nikão (Márcio Azevedo); Marcelo Cirino.
Técnico: Tiago Nunes

(Fotos: Ivan Storti/ Santos FC)