Santos FC luta, mas é derrotado pelo América-MG por 1 a 0, na Vila Belmiro

Santos FC luta, mas é derrotado pelo América-MG por 1 a 0, na Vila Belmiro

O Santos FC foi melhor e pressionou o América-MG desde o início na noite deste domingo (29), na Vila Belmiro, mas acabou sendo derrotado por 1 a 0, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018.

Com o revés, o Peixe segue com 16 pontos na tabela. Vale destacar que o Alvinegro Praiano tem um jogo a menos (contra o Vasco, ainda sem data marcada).

Agora, a equipe esquece o Brasileirão por alguns dias e mira suas forças na Copa do Brasil, onde encara o Cruzeiro, na próxima quarta-feira (1), às 19h30, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida das quartas de final.

Já pelo Brasileiro, os santistas voltam a entrar em campo apenas no próximo sábado (4), diante do Botafogo, às 16h, no estádio Nilton Santos, pela 17ª rodada.

O jogo – Como já é de costume quando atua em casa, o Santos FC começou pressionando bastante o América-MG. Aos 9 minutos, Rodrygo puxou contra-ataque rápido pela direita e cruzou para Bruno Henrique. Porém, a zaga rival acabou cortando o perigo.

Na sequência, o novo camisa 9 deu lindo passe para Victor Ferraz, também pela direita. O lateral tentou o cruzamento, mas os mineiros afastaram mais uma vez.

Já aos 24, Rodrygo, sempre ele, fez ótima tabela com Ferraz, mas acabou sendo travado na hora do chute. Seis minutos depois, Pituca lançou Gabriel pela esquerda. O centroavante invadiu a área e chutou por cima da meta.

E o Peixe seguiu pressionando de forma muito intensa. Aos 36, foi a vez de Eduardo Sasha cruzar pela direita, a zaga do América-MG afastar mal e Victor Ferraz chegar batendo forte, mas mandar pra fora.

Na sequência, porém, o árbitro Rafael Traci acabou vendo falta de Alison em Marquinhos dentro da área e assinalou pênalti para o time mineiro. Na cobrança, Ruy acabou fazendo 1 a 0 para os visitantes.

Peixe agora mira suas forças na Copa do Brasil, onde encara o Cruzeiro (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O segundo tempo começou na mesma tônica do primeiro: com o Santos FC pressionando bastante. Logo aos três minutos, Yuri Alberto cruzou da esquerda, Gabriel desviou dentro da área, mas o goleiro João Ricardo defendeu com a cabeça.

No lance seguinte, Dodô passou com facilidade pela marcação e cruzou na cabeça de Yuri Alberto, que acabou acertando a rede pelo lado de fora.

Aos 20, Rodrygo cobrou falta pela esquerda com muito veneno, mandou direto para o gol e acertou o travessão. Na sequência, o Raio fez mais uma linda jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Gabriel, que mandou para fora.

A pressão seguiu absurda! Aos 27, Braz subiu mais que todo mundo em cobrança de escanteio e acertou a rede por cima da meta. Já aos 32, Jean Mota arriscou de longe, o goleiro João Ricardo rebateu e Yuri Alberto acabou mandando para fora.

Na sequência, Gustavo Henrique desviou cruzamento de cabeça e acertou o travessão do América-MG. Aos 43, Ferraz tabelou com Rodrygo e cruzou para Yuri Alberto. Porém, João Ricardo defendeu, decretando a vitória do time mineiro por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
SANTOS FC 0 x 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos (SP)
Data: 29 de julho de 2018 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público: 8.691
Renda: R$ 155.868,00
Cartões amarelos: SANTOS FC: Alison. AMÉRICA-MG: Carlinhos e Juninho.

GOLS:
SANTOS FC:
AMÉRICA-MG: Ruy, aos 38 do 1T;

SANTOS FC: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Alison, Diego Pituca (Jean Mota) e Eduardo Sasha (Yuri Alberto); Bruno Henrique, Rodrygo e Gabriel (Arthur Gomes).
Técnico: Serginho Chulapa

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Juninho, Gerson Magrão (Zé Ricardo), Ruy (Judivan) e David; Marquinhos (Ademir) e Giovanni.
Técnico: Adilson Batista

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)