Santos FC goleia Mauá no CT Rei Pelé pelo Paulistão Sub-20

[:pb]O Santos FC goleou por 9 a 1 o Mauá no CT Rei Pelé, pela segunda rodada do Campeonato Paulista Sub-20. Os gols santistas foram marcados por Renyer (cinco vezes), Ivonei (três vezes) e Zabala. Com o resultado, o Alvinegro Praiano segue na liderança do grupo 12 do estadual, com seis pontos conquistados.

Na próxima rodada do Paulistão Sub-20, o Peixe enfrenta o Água Santa fora de casa, no Estádio Municipal José Batista Pereira Fernandes (Inamar), em Diadema (SP). A partida acontece às 15 horas da quarta-feira (11) e terá transmissão ao vivo da FPF TV (Eleven).

O jogo

O Peixe abriu o placar com apenas cinco minutos jogados. Ivonei recebeu a bola aberto pela esquerda do campo de ataque e enfiou passe preciso entre os zagueiros para Renyer. Dentro da grande área, o camisa 9 santista dominou e deslocou o goleiro com toque no canto esquerdo que balançou as redes do Mauá pela primeira vez.

Aos oito minutos, Ivonei tabelou com Fernandinho, mais uma vez pela esquerda do ataque, e ao receber a devolução de letra foi derrubado na entrada da área. O juiz assinalou falta e o próprio Ivonei foi para a cobrança, mandando a bola a poucos centímetros do ângulo esquerdo, pela linha de fundo.

Com onze minutos jogados, Weslley Patati recebeu a bola pela direita do ataque e levou até a linha de fundo antes de cruzar para a área. Bem posicionado na pequena área, Renyer só teve o trabalho de completar para o fundo das redes e marcar seu segundo gol na partida.

Com catorze minutos, Patati pegou a bola pela direita, cortou para o meio e tentou finalizar de fora da área. Sem muita força, a bola parou em defesa segura do goleiro adversário no canto inferior direito.

Passada metade da primeira etapa, o Peixe teve mais uma grande chance com Renyer. Ele recebeu lançamento de Ivonei pelo alto e esperou a bola quicar para finalizar com força. A batida cruzada passou pela frente do gol e saiu à direita da meta.

No minuto seguinte, Renyer recebeu novamente na entrada da área e arriscou finalização da meia lua. A batida colocada buscava o ângulo direito e obrigou o goleiro a se esticar para fazer grande defesa. Aos 28, Patati recebeu passe de Ivonei pela direta e arriscou para o gol. Com muita força, a boa saiu pela linha de fundo por cima do travessão

Aos trinta minutos, Pedrinho arrancou pela lateral esquerda e cruzou rasteiro para Ivonei, na entrada da área. A tentativa da finalização parou em defesa do goleiro no canto esquerdo e ainda tocou a trave antes de sair em escanteio.

Três minutos depois, Fernandinho recebeu pela direita e cruzou para a grande área. A bola passou pelo goleiro adversário e chegou a Derick, no segundo pau. O zagueiro santista subiu mais que todo mundo e, de cabeça, assistiu o companheiro de zaga, Zabala, que chegou na trave direita para empurrar a bola para as redes.

E ainda antes do intervalo, aos 43 minutos, os Meninos da Vila transformaram a vitória em goleada com um golaço de Ivonei, de falta. Weslley Patati foi derrubado pela esquerda da entrada da área e Ivonei balançou as redes com cobrança colocada no ângulo esquerdo.

Com dois minutos jogados na segunda etapa, Renyer marcou o quinto gol do Santos FC e o terceiro dele no jogo. E foi mais um golaço! O camisa 9 recebeu lançamento de Ivonei na entrada da área, matou no peito e com um toque de muita classe bateu colocado na saída do goleiro, acertando o ângulo esquerdo.

Logo depois, Matheus Nunes recebeu pela direita da área e chutou com muita força para o gol. Bem posicionado, o goleiro defendeu, mas deu rebote pra Renyer que tentou mais uma vez e, com desvio na marcação, mandou por cima do gol.

Aos cinco minutos da segunda etapa, Ivonei recebeu cruzamento de Pedrinho pela esquerda e tentou chutar da entrada da área. A boa rasteira parou em boa defesa de Estevão em seu canto direito. No lance seguinte, Pedrinho recebeu na entrada da área e bateu colocado, levando perigo, mas mandando a bola por cima do gol.

Com dezoito, o Peixe teve falta da intermediária e, mesmo de longe, Ivonei foi para a cobrança com a intenção de mandar direto para o gol. O camisa 8 bateu com muita força na bola e só não marcou mais um golaço de falta porque o goleiro Estevão pulou para fazer grande defesa.

O sexto gol santista saiu aos 22 minutos. Pelo lado direito da grande área, Ivonei recebeu passe de três dedos de Rafael Moreira e, com o gol livre, bateu colocado para o fundo das redes.

Dois minutos depois, os Meninos da Vila já marcaram o sétimo gol com o quarto de Renyer. Rafael Moreira roubou a bola pelo meio e ela sobrou para Renyer na entrada da área. Dentro dela, o camisa 9 tocou na saída do goleiro e ampliou a goleada santista.

O Mauá diminuiu a diferença no placar com gol de Caio, aos 31 minutos. O camisa 13 recebeu cruzamento pela esquerda da área santista e concluiu para o fundo das redes.

Imparável na tarde deste domingo, Renyer marcou seu quinto gol aos 36 minutos para fazer 8 a 1 para o Santos FC. Ele recebeu cruzamento de Kaio Henrique na pequena área e bateu cruzado no canto esquerdo para balançar as redes mais uma vez.

Já nos acréscimos da segunda etapa, Ivonei marcou de cabeça o seu terceiro gol para fazer 9 a 1 e dar números finais à partida. Nykão recebeu pela direita do ataque e cruzou com precisão na cabeça do camisa 8 que deslocou o goleiro ao escorar no canto esquerdo.

FICHA TÉCNICA

SANTOS FC 9 x 1 MAUÁ

Local: CT Rei Pelé, em Santos (SP)
Data: domingo, 8 de maio de 2022
Horário: 15h
Árbitro: Robson Silva Santos
Assistentes: Givanildo Oliveira Félix e Thiago Gonçalves Dias
Gols: (SFC) Renyer, aos 5′, aos 11′, Zabala, aos 33′, Ivonei (de falta), aos 43′ do 1°T,  Renyer, aos 2′, Ivonei, aos 22′, Renyer aos 25′ e aos 36′ e Ivonei, aos 47′ do 2°T; (MAF) Caio, aos 31′ do 2°T
Santos FC: Edu Araujo; Cadu (Thiago Balieiro), Derick (Jair), Zabala e Pedrinho (Diogo Correia); Rafael Moreira (Zé Rafael), Ivonei e Balão (Matheus Nunes); Fernandinho (Kaio Henrique), Weslley Patati (Nycollas Lopo) e Renyer. Técnico: Orlando Ribeiro
Mauá: Estevão; Coqueti (Marcelo Noca), Juninho, Nicolas e Pará (Renan Correia); Joel (Pedro Henrique), Wolverine (Rique) e Mineiro; Wallex (Rickelme), Klebinho (Caio) e Beijinho (Sidnei). Técnico: Diogo Barros

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)[:]