Santos FC empata em 2 a 2 com o Figueirense em Santa Catarina

Foto: Ivan Storti/Santos FC
Na primeira partida sem Lucas Lima e Gabriel, que estão com a Seleção Brasileira, e ainda sem contar com Ricardo Oliveira, em recuperação de uma tendinite no joelho, o Santos FC ficou no empate de 2 a 2 com o Figueirense nesta quarta-feira (25), no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Vitor Bueno e Joel marcaram os gols do Peixe no duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.
Com o empate em Santa Catarina, o time de Dorival Júnior chega a quatro pontos no Nacional e neste início de rodada aparece na oitava colocação da competição.
“A equipe suportou a pressão, brigou. Infelizmente, não era o que queríamos. Com um menos, ficou difícil, lutamos para assegurar a vitória, mas infelizmente, ela não veio”, disse o volante Renato na saída de campo.
O Peixe volta a campo no próximo domingo (29), diante do Internacional. O duelo será realizado na Vila Belmiro, a partir das 18h30.
Santos FC domina, sai atrás e busca o empate
No primeiro tempo, o Santos FC dominou o jogo e teve mais de 60% da posse de bola. No entanto, o domínio da partida quase não deu certo, já que o Figueirense saiu na frente do placar. Aos 37, Ayrton lançou Rafael Moura nas costas da defesa santista e tocou rasteiro na saída de Vanderlei.
Mas o Peixe seguiu no mesmo sistema de jogo e conseguiu o empate logo em seguida. Thiago Maia enfiou a bola para Zeca na área, mas Ferrugem interceptou com a mão. Pênalti! Na cobrança, Vitor Bueno deixou tudo igual.
Peixe vira, mas cede empate com um a menos
Já na segunda etapa, o Santos FC voltou a campo com o mesmo estilo de jogo e logo conseguiu virar a partida. Aos nove minutos, Joel ganhou a disputa com Jaime na área e foi derrubado. Novamente, pênalti! O próprio camaronês foi para a cobrança e deixou o Alvinegro Praiano na frente do marcador.
Só que aos 22, o confronto ficou mais difícil para o Peixe. Em disputa de bola, Gustavo Henrique acertou o rosto de Dudu e foi expulso pelo árbitro Wagner do Nascimento. Imediatamente, Dorival Júnior colocou o zagueiro Luiz Felipe na vaga de Joel.
Com um a menos, o Alvinegro Praiano só conseguiu segurar a pressão até os 46 minutos. Em cruzamento na área santista, Ermel acertou um voleio e balançou a rede de Vanderlei.
 
Ficha Técnica – Figueirense 2 x 2 Santos FC
3ª rodada Campeonato Brasileiro
25 de maio de 2016, Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Figueirense: Gatito Fernández; Ayrton, Jaime , Bruno Alves, Marquinhos Pedroso, Elicarlos (Ermel), Ferrugem, Jocinei, Bady (Ortega), Guilherme Queiroz (Dudu) e Rafael Moura. Técnico: Vinícius Eutrópio
Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Zeca, Thiago Maia, Renato, Rafael Longuine (Matheus Nolasco), Vitor Bueno (Serginho), Paulinho e Joel (Luiz Felipe). Técnico: Dorival Júnior
Gols: Rafael Moura, aos 37 minutos do 1º tempo e Ermel aos 46 do 2º tempo (Figueirense); Vitor Bueno, aos 42 do 1º tempo; Joel, aos 11 do 2º tempo (Santos FC)
Cartões amarelos: Elicarlos, Jaime (Figueirense); Rafael Longuine, Matheus Nolasco, Paulinho (Santos FC)
Cartão vermelho: Gustavo Henrique (Santos FC)
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Rodrigo Henrique Corrêa e Luiz Claudio Regazone