Santos e Sport, duelo sem favoritos

Santos e Sport, duelo sem favoritos

Odir Cunha, do Centro de Memória
Estatísticas por Gabriel Santana

No retrospecto de todos os 47 jogos entre Santos e Sport, a supremacia do Alvinegro Praiano é incontestável, com 20 vitórias (42% do total), 15 empates (33%) e 12 derrotas (25%). Nesses duelos os santistas marcaram 71 gols e sofreram 50. A vantagem continua evidente nas 40 partidas pelo Campeonato Brasileiro, em que o Santos venceu 17, empatou 12 e perdeu 11; marcou 58 gols e deixou passar 40. Porém, isolados apenas os confrontos pel o Campeo nato Brasileiro na Ilha do Retiro, a situação muda de figura.

No estádio do Sport foram jogadas 24 partidas, somando-se Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e amistosos, das quais o Santos venceu seis, empatou nove e perdeu nove; ,marcou 26 e sofreu 31 gols.

No balanço dos 19 jogos realizados na Ilha do Retiro apenas pelo Brasileiro, a vantagem da equipe pernambucana prevalece. Desses, o Santos venceu cinco, empatou seis e perdeu oito; marcou 20 gols e sofreu 25.

Equilíbrio crescente

O primeiro Santos e Sport foi jogado às vésperas do réveillon de 1941. Na terça-feira, 30 de dezembro, as equipes se enfrentaram na Vila Belmiro e o Alvinegro venceu por 4 a 3, com dois gols de Carabina, um de Antoninho e outro de Ruy. O atacante Pirombá fez os três do time visitante.

Os quatro jogos seguintes, entre 1946 e 1957, todos amistosos, foram realizados na Ilha do Retiro e apresentaram três empates e uma vitória do Santos, esta em 8 de outubro de 1957, com gols de Pelé, ainda com 16 anos, e Ciro. Para o Sport marcou Naninho.

O primeiro jogo oficial entre ambos ocorreu em 12 de janeiro de 1963, válido pela semifinal da Taça Brasil de 1962. Naquele sábado de recorde de renda, e público superior a 20 mil pessoas, mesmo com um time que para muitos já era o melhor do mundo, pois tinha titulares como Gylmar, Mauro, Zito, Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, o Santos só conseguiu um empate por 1 a 1.

O meia Djalma marcou para o Sport aos 37 minutos do primeiro tempo e Coutinho empatou aos 36 do segundo. O árbitro Armando Marques expulsou Djalma e também o santista Zito. No jogo de volta, no Pacaembu, o Santos goleou por 4 a 0, com todos os gols de Coutinho.

A primeira derrota do Santos para o Sport, por 2 a 0, só veio no décimo encontro entre ambos, em 1º de outubro de 1975, pelo Campeonato Brasileiro. Naquela quarta-feira Dario marcou os únicos gols do jogo.

O último grande desafio entre ambos vai completar 22 anos. Na segunda quinzena de novembro de 1998 Santos e Sport se enfrentaram pelas semifinais do Campeonato Brasileiro. Em jogo tenso, no dia 15 o Alvinegro perdeu na Ilha do Retiro por 3 a 1. Mas depois venceu duas vezes seguidas na Vila Belmiro: 2 a 1 no dia 21 e 3 a 0 no dia 25, classificando-se para a semifinal.

Nos últimos dez jogos disputados na Ilha do Retiro o Santos venceu dois, empatou três e perdeu cinco. A última vitória, pelo Campeonato Brasileiro de 2009, veio com um gol solitário de Felipe Azevedo, em uma noite de quarta-feira , 7 de outubro.

Artilheiros do Santos no confronto pelo Brasileiro

1 – Coutinho, cinco gols.
2 – Guga, quatro gols.
3 – Kléber Pereira e Viola, três gols.