Rodrygo completa um ano como profissional e relembra trajetória no Santos FC: “Foi tudo muito rápido”

Rodrygo completa um ano como profissional e relembra trajetória no Santos FC: “Foi tudo muito rápido”

O dia 1º de novembro de 2017 está marcado na história de Rodrygo e também do Santos FC. Há exatamente um ano, o atacante fazia seu primeiro treino como jogador profissional do Peixe.

A estreia oficial aconteceu três dias depois, na vitória santista por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão de 2017. De lá pra cá, Rodrygo viveu meses intensos com a camisa do Alvinegro Praiano. Foram 55 jogos e 10 gols marcados, além das inúmeras ‘entortadas’ nos rivais e a confirmação de uma transferência futura para o Real Madrid, da Espanha, que está programada para julho de 2019.

“Não esperava ter vivido tudo isso com apenas 17 anos. Claro que eu sonhava com muitos acontecimentos na minha carreira no futuro, porém, não acreditava que seria tudo tão rápido. Logo no meu primeiro ano eu já consegui virar titular, fiz gol numa Libertadores, e ainda consegui dar um retorno financeiro para o Santos FC com a venda. Está passando rápido demais, parece que foi ontem o dia que pisei aqui pela primeira vez”, afirmou o atacante.

No Santos FC desde os 10 anos, Rodrygo se destacou em todas as categorias de base do clube até receber uma ligação de Elano, então técnico interino do Peixe, o chamando para se apresentar ao time profissional.

“Foi um dos momentos mais felizes da minha vida. Não esperava, pois já estávamos no fim do ano também. Às vezes eu subia para completar treino quando o time estava viajando, mas quando o Elano me ligou dizendo que eu seria profissional de vez foi inesquecível. Lembro que no primeiro dia eu fiquei bem nervoso, olhando com receio para todos os atletas”, brincou o Menino da Vila.

Rodrygo, no centro, sendo ‘batizado’ pelo elenco do Peixe em seu primeiro treino como profissional (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Com 46 pontos e ocupando a sétima posição na tabela do Campeonato Brasileiro, o Santos FC segue bem vivo na luta por uma vaga na Libertadores da próxima temporada. Mesmo focado em ajudar o clube na busca pela classificação para o torneio continental, Rodrygo admite que sonha marcar seu nome na história do Peixe com um título.

“Infelizmente não conseguimos conquistas em 2018, mas meu sonho é sair daqui com uma taça. Neste ano meu título vai ser ajudar o Santos FC a chegar na Libertadores. Mas ano que vem ainda teremos o Paulista antes da minha saída e vou lutar por essa taça”, concluiu o jovem de 17 anos.

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)