Respeito ao passado, responsabilidade no presente e olhos no futuro: O planejamento do Santos FC para 2020

Respeito ao passado, responsabilidade no presente e olhos no futuro: O planejamento do Santos FC para 2020

O respeito ao passado e a ambição por um futuro que honre sua história até aqui são as bases do projeto esportivo desenvolvido pelo Santos Futebol Clube para 2020. O Peixe inicia o Campeonato Paulista nesta quinta-feira (23), mas as atividades para a nova temporada começaram ainda em 2019. Visando à integração da equipe principal com as categorias de formação, a gestão de futebol do Alvinegro Praiano desenvolveu um projeto esportivo para o ano que trará ao clube importantes resultados dentro e fora de campo em curto, médio e longo prazo.

Dentro do cenário atual, observando os ambientes internos e externos, como o retorno à Libertadores da América e a difícil realidade financeira do futebol brasileiro, o time de Vila Belmiro já efetua mudanças nos processos e atividades ligados ao departamento de futebol com o objetivo de beneficiar de forma integral todas as categorias.

O primeiro passo do planejamento da temporada para o Santos FC já iniciou com a chegada do técnico Jesualdo Ferreira. Com a vinda do professor, o Peixe trabalhará a manutenção do DNA ofensivo do clube e o respeito à história que projetou o time de Vila Belmiro ao mundo.

Para aplicar a meta esportiva de maneira integrada, o Alvinegro Praiano traçou um perfil de treinador que respeitasse a instituição Santos Futebol Clube e demonstrasse o interesse digno de sua história logo no primeiro contato. Além disso, fatores como grande experiência futebolística, moral, ética, aderência ao DNA do clube, alta capacidade metodológica e bom relacionamento com comissão técnica, atletas e demais áreas foram primordiais para a contratação do comandante Jesualdo Ferreira.

Com o mesmo objetivo em todas as áreas, o clube não visa apenas à briga por conquistas na atual temporada. O legado que o Alvinegro Praiano quer deixar mira a padronização dos conceitos de seus atletas, fazendo com que cada jogador do Santos FC compreenda e aplique a metodologia de jogo de acordo com o DNA do clube independentemente de sua categoria.

Para isso, o departamento de futebol do Peixe estabeleceu quatro importantes projetos estratégicos para esta etapa do planejamento desportivo:

Categorias de Base

A formação de base Peixe sempre foi o pilar de sustentação do clube. Respeitando a história e projetando um futuro ainda mais promissor, a revitalização das categorias de formação do Alvinegro Praiano também é de suma importância.

Pensando no alinhamento conceitual, o clube reestruturou espaços para integrar as áreas estratégicas de metodologia, comissões técnicas, áreas de performance e administrativas em duas grandes salas no CT Rei Pelé, proporcionando assim uma integração total entre todas as áreas que compõem o projeto desportivo do clube.

Criação de estratégias, políticas e critérios para ajuda de custo e salário dos atletas foram implementadas dentro dos orçamentos das categorias. Os contratos dos Meninos da Vila passarão por constante acompanhamento visando à melhor gestão da carreira dos atletas. Isso garantirá a proteção dos futuros ativos do clube.

A troca do gramado no campo utilizado pela base no CT Rei Pelé também já está em processo. Um gramado de última geração vai melhorar a qualidade do desempenho das categorias. Além disso, há possibilidade de realizar partidas na Vila Belmiro com o intuito de criar ainda mais identificação dos jogadores com o clube.

A metodologia ligada ao DNA ofensivo continuará sendo regada. Reuniões metodológicas e integração do futebol de campo e do futsal das categorias iniciais também farão parte do projeto.

Além disso, a capacitação dos profissionais envolvidos e investimentos em equipamentos voltados ao uso da base santista potencializarão da forma adequada a boa formação dos atletas.

Equipe de Aspirantes

Inserida no processo de formação, a equipe de aspirantes será uma categoria de transição dos times de base para o time principal. O objetivo é oportunizar para os jogadores, de forma estratégica, uma integração com a primeira equipe oferecendo a mesma estrutura, atendimento e assistências.

A equipe de aspirantes será um espelho do time principal, treinada pela comissão técnica de Jesualdo Ferreira. Os atletas terão as mesmas condições da primeira equipe e participarão de competições e amistosos em situações profissionais. Isso dará ao jogador a bagagem necessária para a continuidade de sua carreira dentro do clube.

Scout

O departamento de scout está muito bem alinhado dentro desse projeto. A qualificação dos profissionais e a ampliação no setor já estão em funcionamento. O novo sistema de avaliação tem como intuito captar atletas com potencial de crescimento, retorno desportivo e, consequentemente, retorno financeiro.

A minuciosa busca por jogadores não se restringirá às avaliações no CT Rei Pelé. Os scouts buscarão atletas pelos campos espalhados na Baixada Santista e demais pontos estratégicos. Dessa forma, o clube busca ter mais elementos para identificar talentos com maior aderência à filosofia do Santos FC.

Mercado

O plano voltado ao mercado do futebol é um processo contínuo da área de scout. O departamento estará antenado na movimentação do mercado da bola a fim de agilizar os processos de negociações e otimizar oportunidades únicas para o clube.

O Santos Futebol Clube entende que um projeto do tamanho de sua história e imagem no futebol mundial demanda comprometimento, dedicação e união de todos. Os frutos serão notórios e inevitáveis ao passar do tempo, e o processo de evolução será nutrido, dia após dia, com o profissionalismo e a admiração que esta gigante camisa merece.

Foto: Ivan Storti/SantosFC