Pernambucano, Kaio Jorge pode jogar ’em casa’ pela 1ª vez como profissional: “Muito gratificante”

Pernambucano, Kaio Jorge pode jogar ’em casa’ pela 1ª vez como profissional: “Muito gratificante”

Titular do Santos FC na vitória por 3 a 1 sobre o Athletico-PR e frequentemente elogiado pelo técnico Cuca, o atacante Kaio Jorge, caso entre em campo, irá viver uma emoção diferente na partida desta quinta-feira (20), contra o Sport, na Ilha do Retiro. Natural de Olinda-PE, cidade situada na região metropolitana do Recife, o jogador nunca atuou profissionalmente no estado em que nasceu. No entanto, por conta da pandemia do novo coronavírus e da proibição de torcedores acompanharem os jogos de dentro dos estádios, o atual dono da camisa 19 santista não contará com o apoio direto de seus familiares que ainda residem na região.

“Vai ser bom jogar em casa, meus familiares estão na região e irão me acompanhar, mesmo que de fora do estádio. É muito gratificante voltar a Recife, agora como profissional do Santos FC, e espero fazer uma boa partida. É um momento chato, sem torcida, mas eles devem ir ao hotel, com máscaras e todos os cuidados, para pelo menos me verem antes do jogo, então para mim já vai valer muito”, afirmou o Menino da Vila.

Aos 18 anos, o jogador participou dos três jogos do clube no Campeonato Brasileiro 2020 – Red Bull Bragantino, Internacional e Athletico-PR -, sendo dois como titular e um, diante do time gaúcho, entrando aos 15 minutos do primeiro tempo, após o zagueiro Luiz Felipe sair de campo lesionado.

Além disso, ele marcou um dos gols mais importantes da equipe no ano, contra o argentino Defensa y Justicia, fora de casa, na estreia da Conmebol Libertadores – vitória por 2 a 1. Diante do Sport, Kaio Jorge irá tentar balançar as redes pela primeira vez no Brasileirão. “O Cuca vem conversando comigo e passando nas preleções que sou muito importante também na parte tática, e quero poder ajudar de todas as maneiras. Está sendo na vontade, ajudando meus companheiros, e tenho certeza que os gols também vão sair naturalmente”, falou.

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)