Paulinho McLaren do Santos!

Paulinho McLaren do Santos!

Por Gabriel Pierin, do Centro de Memória
Com a colaboração de Wesley Miranda, da Assophis

No dia 28 de setembro de 1963 nascia em Igaraçu do Tietê, distrito pertencente a Barra Bonita, no interior do estado de São Paulo, Paulo César Vieira Rosa, o Paulinho que posteriormente ficou famoso como Paulinho McLaren, um dos maiores artilheiros do futebol brasileiro.

Ainda só Paulinho, com apenas 17 anos, começou no Bandeirante de Birigui. Depois de rodar por alguns times do Interior de São Paulo foi contratado pelo Atlético Paranaense, em 1989, e se mudou no mesmo ano para o Figueirense e para o Santos.

Com 27 anos, 1,79m e 69 kg, Paulinho herdou de Chulapa a mítica camisa 9, que um dia fora de Pagão, Coutinho, Toninho Guerreiro, Juary o próprio Chulapa e tantos outros notáveis.

Em sua primeira temporada no alvinegro, em 1989, Paulinho anotou 14 gols. Em 1990, novamente o mesmo número de gols; 14. Mas foi em 1991 que o centroavante atingiu seu auge na carreira com 23 gols no ano, sendo 15 no Campeonato Brasileiro, que lhe rendeu a artilharia do certame no ano em que Paulinho virou Paulinho McLaren, ao comemorar um gol simulando pilotar um carro em homenagem ao eterno Ayrton Senna.

Em 1992 mais 13 gols, apenas no primeiro semestre, totalizando 57 gols em 142 jogos. Assediado por diversos clubes brasileiros, incluindo o Vasco da Gama, Paulinho foi vendido ao Porto de Portugal.

De volta ao futebol brasileiro em 1993, Paulinho McLaren teve grandes passagens especialmente por Portuguesa e Cruzeiro.
Ao todo foram 19 times, e incríveis 483 gols na carreira profissional.

Uma marca e tanto do jogador que viveu o ápice de sua carreira no Peixe e sempre é lembrado como Paulinho McLaren do Santos!