O último amistoso entre os alvinegros

O último amistoso entre os alvinegros

Por Gabriel Santana

Antes de iniciar o Campeonato Brasileiro de 2002, a diretoria santista resolveu realizar um amistoso diante do Corinthians, na Vila Belmiro, como uma forma de testar a jovem equipe santista, liderada por Diego e Robinho. A equipe paulistana contava na época com um grupo experiente, com  atletas recém pentacampeões do mundo com a Seleção Brasileira.

Para a nova geração de Meninos da Vila, o amistoso era uma grande oportunidade de mostrar para o técnico Emerson Leão que eles eram capazes de ser os protagonistas do Alvinegro Praiano.

Logo no início da partida, a equipe santista demonstrou toda sua velocidade e técnica, surpreendendo o público presente e a defesa corintiana, deixando a marcação confusa. A superioridade dos Meninos foi concretizada com o gol de falta do zagueiro André Luis, aos 32 minutos. Antes do fim da primeira etapa, o Peixe quase ampliou com o lateral Maurinho.

No reinício do jogo, o Corinthians chegou ao empate aos 9 minutos, porém, o Santos continuou dominando a partida. O Corinthians conseguiu segurar o ímpeto da garotada até os 38 minutos, quando o centroavante William aproveitou o rebote e colocou novamente o Santos em vantagem. Dez minutos depois, Renato concluiu o placar, assinalando o terceiro tento santista.

Após a grande vitória santista no último amistoso realizado entre ambos, o técnico Emerson Leão recusou os possíveis reforços que seriam contratados e apostou na nova geração de Meninos da Vila. O final dessa história, todos nós já conhecemos!

Estatísticas dos amistosos

O pesquisador Guilherme Gomez Guarche, do nosso Centro de Memória, nos informa que Santos e Corinthians já se enfrentaram em 27 amistosos, com 10 vitórias santistas, cinco empates e 12 vitórias do rival. O Santos marcou 52 gols e sofreu 62.

Este jogo de domingo será o primeiro amistoso entre ambos na Arena Corinthians. Na história, a primeira partida amistosa entre os alvinegros ocorreu no dia 30 de agosto de 1914, no campo da Avenida Ana Costa, 22, em Santos. O jogo, arbitrado por Harold Croos, terminou empatado sem gols e os times formaram assim:

Santos Foot Ball Club: Werneck, Américo e Jesus; Pereira, Urbano Caldeira e Ricardo; Millon, Aralhe, Anacleto, Marba e Arnaldo Silveira. (Técnico não informado)

SCCP: Caetano Barone, Casimiro Gonzáles, Fulvio; César Nunes, Bianco e Policce; Américo, Perez, Amílcar, Apparicio e Neco. Técnico: Casimiro Gonzáles.