Nota Oficial

Sobre as denúncias de que um profissional do Departamento de Esportes Olímpicos do Santos FC ostenta condenação criminal (devidamente cumprida).
O Santos FC vem esclarecer que, visando a adoção de contrapartidas sociais exigidas pelo Governo Federal, com o intuito de manter o CT Rei Pelé, que pertence a União, adotou medidas para que o contrato em vigência seja cumprido e a posse do local seja mantida:
1. Criação do Instituto Santos de Responsabilidade Social, de acordo com o artigo 6º do estatuto social;
2. Desenvolvimento e prática de futebol feminino e esportes paralímpicos com apoio de profissionais de educação física ressocializados, visando integração social e novas perspectivas para reinserção no mercado de trabalho e diminuição do preconceito existente em nossa sociedade.
O Santos FC é uma instituição onde a responsabilidade social é priorizada e não praticará nenhuma forma de preconceito contra pessoas que cumpriram suas obrigações legais.
Uma notícia colocada sem a explicação correta e ainda o tribunal de execução da internet foram mais uma vez desumanos e impiedosos com um profissional que tem como objetivo de vida a inserção de deficientes físicos para a prática desportiva adaptada, proporcionando a estes uma melhor qualidade de vida.
Este importante projeto, caso seja descontinuado, privará CENTENAS de pessoas com algum tipo de deficiência para a prática esportiva.