Na caminhada pelo bi, Santos FC aproveita embalo do Brasileiro por vantagem na Copa do Brasil

O Santos FC deu uma pausa no Campeonato Brasileiro para voltar sua atenção à Copa do Brasil. Às 19h15 desta quarta-feira (15), no Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG, o Peixe enfrenta o Atlético-MG pela partida de ida das oitavas de final. Embalado pela campanha realizada no início do Nacional por pontos corridos, o Alvinegro Praiano quer construir uma vantagem para o embate de volta do torneio eliminatório.
Vindo de uma vitória por 3 a 0 sobre o Vasco da Gama, pelo Brasileirão, o time treinado pelo técnico Jorge Sampaoli manteve a invencibilidade no Brasileirão (três vitórias e um empate), algo que deixou o plantel santista com a mente livre para focar na Copa do Brasil.
“Estamos focados, viramos a “chavinha”. Agora é Copa do Brasil, um mata-mata, que é diferente do Brasileiro. Por mais que tenhamos um clássico no sábado (Palmeiras), estamos focados, primeiramente, nessa quarta-feira para trazer um bom resultado para cá. Quinta-feira a gente pensa no Palmeiras, que será muito difícil também. Esperamos o confronto direto pra que a gente possa conquistar uma vitória e assumir a liderança isolada”, disse Jean Mota, que tem grande expectativa pelo primeiro duelo contro Atlético.
“A gente sabe que o primeiro jogo pode definir bastante, por mais que seja um jogo fora de casa. A gente vindo com um resultado favorável para a nossa casa, diante da nossa torcida, nos dará uma tranquilidade maior. Será um jogo difícil, o Atlético é um time que vem de uma derrota agora, mas vinha confiante no Brasileiro. Sabemos que lá dentro (Estádio Independência) é complicado de jogar, mas estamos nos preparando bem para surpreender”, ressaltou o artilheiro santista na temporada com nove gols.
Santos FC e Atlético-MG se enfrentaram na edição de 2010, ano em que o Alvinegro Praiano sagrou-se campeão. Na ocasião, o time de Vila Belmiro perdeu o primeiro embate por 3 a 2, no Mineirão, e venceu o segundo e decisivo duelo por 3 a 1, em casa.
O histórico deste confronto demonstra muito equilíbrio entre as equipes alvinegras. Em 96 jogos, o Peixe possui 35 vitórias contra 37 triunfos do clube mineiro. O Alvinegro Praiano balançou as redes em 140 oportunidades e sofreu 146 gols.
Nesta edição da Copa do Brasil, o Alvinegro Praiano estreou com uma goleada por 7 a 1 sobre o Altos-PI, venceu o América-RN por 4 a 0 na segunda fase e eliminou o Atlético-GO com uma derrota por 1 a 0, em Goiás, e um triunfo por 3 a 0, na Vila Mais Famosa. Na quarta fase, o time santista construiu uma vantagem de 2 a 0 contra o Vasco no primeiro desafio e foi derrotado por 2 a 1 no duelo de volta.
Foto: Ivan Storti/SantosFC