Na Argentina, Santos FC empata com Independiente e decide vaga no Pacaembu

Na Argentina, Santos FC empata com Independiente e decide vaga no Pacaembu

A vaga das quartas de final da Conmebol Libertadores será decidida no Pacaembu. Na noite desta terça-feira (21), em Buenos Aires, o Santos FC empatou em 0 a 0 com o Independiente pela primeira partidas das oitavas de final da competição. Com este resultado, uma vitória simples em casa, na próxima terça (28), dá ao Alvinegro Praiano a chance de seguir lutando pelo quarto título do maior torneio de clubes do continente.

A equipe santista segurou bem a pressão dos donos da casa no primeiro tempo. Com uma marcação firme e um time bem postado no Estádio Libertadores da América, o Peixe se defendeu como pôde e utilizou as pontas para tentar infiltrações na zaga argentina. As melhores chances saíram em jogadas rápidas com Rodrygo e Gabriel, porém o Alvinegro Praiano não conseguiu concluir a gol.

Na segunda etapa, o time comandado pelo técnico Cuca seguiu com uma defesa precisa e uma grande entrega de todo o time na marcação. Após a expulsão de Dodô, aos 36 minutos, o time de Vila Belmiro demonstrou ainda mais união para segurar o ataque rival e levar a decisão para o embate de volta.

O segundo e decisivo duelo das oitavas de final será realizado às 19h30 da próxima terça-feira (28), no Estádio do Pacaembu. Os ingressos seguem à venda. Antes disso, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro Praiano recebe o Bahia às 16 horas deste sábado na Vila Belmiro. As entradas também já estão à venda.

Independiente 0 x 0 Santos FC
Estádio: Libertadores da América, em Buenos Aires (ARG), no dia 21 de agosto de 2018;
Árbitro: Diego Haro (PER);
Auxiliares: Jonny Bossio (PER) e Victor Raez (PER);
Cartões amarelos: Carlos Sánchez, Lucas Veríssimo, Dodô e Gabriel (SFC); Francisco Silva, Bustos, Cerutti, Campaña e Gastón Silva (IND);
Cartão vermelho: Dodô (SFC);

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Hernique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez (Bryan Ruiz) e Diego Pituca; Rodrygo (Derlis González), Gabriel e Bruno Henrique (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.

Independiente: Campaña; Bustos, Burdisso, Brítez e Gastón Silva; Francisco Silva, Pablo Hernández, Cerutti (Verón), Meza e Braian Romero (Pizzini); Giliotti. Técnico: Ariel Holan.

Foto: Ivan Storti/SantosFC