Memória: Com Giovanni brilhando, Santos FC goleava o Fluminense por 5 a 2 no Pacaembu

Memória: Com Giovanni brilhando, Santos FC goleava o Fluminense por 5 a 2 no Pacaembu

Foi em um final de tarde e início da noite, que o próprio da municipalidade bandeirante, vivenciou uma das mais emocionantes e inesquecíveis jornadas protagonizadas pelo time do Santos FC em suas dependências.

Naquele memorável domingo 10 de dezembro de 1995, o time capitaneado por Alexandre Gallo, vencia o Fluminense pelo placar de 5 a 2, numa partida repleta de emoção do princípio ao fim do encontro, o time da Vila mesmo desfalcado dos dois titulares Jamelli e Vagner, superou o time carioca com uma diferença de 3 gols, classificando-se para a final do Campeonato Brasileiro daquele ano enfrentando o Botafogo carioca.

Na primeira partida da fase semifinal o Peixe foi derrotado no Maracanã pelo placar de 4 a 1 e precisava reverter esse resultado tendo que vencer com uma diferença de 3 gols.

O messias Giovanni jogou a sua melhor partida com a camisa do Santos FC nessa espetacular jornada marcando dois gols e dando assistência para os gols de Camanducaia e Marcelo Passos, o outro gol do Peixe foi marcado por Macedo.

O time do técnico Cabralzinho que num momento de muita lucidez, ordenou que o time ficasse durante o intervalo da partida descansando em pleno gramado para absorver a incrível energia positiva vinda dos torcedores nas arquibancadas do estádio mandou a campo a seguinte equipe: Edinho; Marquinhos Capixaba, Ronaldo Marconato, Narciso e Marcos Adriano; Gallo e Carlinhos; Macedo (Marcos Paulo), Marcelo Passos (Pintado), Giovanni e Camanducaia (Batista).

Nessa jornada épica que até hoje com certeza os torcedores presentes no Pacaembu tem as cenas gravadas na memória e muitos apontam essa partida como sendo aquela de maior emoção em suas vidas dentro da secular história do Alvinegro Praiano.

Guilherme Guarche, da equipe do Centro de Memória do Santos FC