Jean Mota e Rodrygo marcam, Santos FC vence Guarani e dispara na liderança do Paulistão

Jean Mota e Rodrygo marcam, Santos FC vence Guarani e dispara na liderança do Paulistão

O Santos Futebol Clube recebeu a equipe do Guarani no Paulo Machado de Carvalho, nesta segunda-feira (18), em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Paulista, e venceu mais uma vez. Com dois gols marcados pelo artilheiro Jean Mota e um pelo raio Rodrygo, o alvinegro praiano aplicou o placar de 3 a 0 no adversário de Campinas e somou mais três pontos, disparando assim na liderança do Campeonato: agora são 18 pontos, quatro de vantagem para o vice-líder RB Brasil.

O jogo – Padronizado taticamente pelo comandante Jorge Sampaoli, o Santos FC começou a partida fazendo a bola rodar de pé em pé, buscando uma brecha para armar seu primeiro golpe. A oportunidade inicial partiu dos pés de Alison, que chutou de fora da área e contou com desvio de Ferreira, quase enganando o goleiro da equipe campineira. Vinte minutos depois, Gustavo Henrique cabeceou forte para o gol, mas parou em Giovanni. E aos 35′, Jean Mota fez boa trama com Derlis González e deu ótimo passe para Carlos Sánchez finalizar, mas, embora o uruguaio tenha concluído a gol, antes a irregularidade já havia sido flagrada.

O Peixe cresceu após o gol anulado e, no minuto seguinte, Carlos Sánchez puxou ataque pela direita e acionou Victor Ferraz; o lateral cruzou para Jean Mota, que emendou para fora. E no minuto seguinte, o gol do Peixe: Carlos Sánchez recebeu de Ferraz pela direita e chutou forte; no meio do caminho apareceu o pé de Jean Mota, desviando o rumo da bola e matando o goleiro do Bugre.

Já na segunda etapa, a primeira boa chance ocorreu com o artilheiro Jean Mota, que aos 15 minutos deu um toque de bicicleta para Copete emendar para Derlis; o paraguaio finalizou na marcação e Ferraz emendou pra fora. Aos 21, Rodrygo, de volta ao time alvinegro, acionou Jean na área, mas o goleiro fez bem a antecipação. Aos 28′ Carlos Sánchez fez boa cobrança de falta e assustou o goleiro do Guarani, enquanto que aos 29′ Aguilar apareceu bem para cabecear, mas mandou pra fora.

Com tamanha imposição do Peixe na partida, naturalmente o segundo gol era questão de tempo. Ele saiu, e novamente dos pés do artilheiro do Paulistão: aos 35 minutos, em cobrança de falta, Jean mandou direto no gol de Giovanni, sem chances para o arqueiro adversário. Este foi o sétimo gol de Jean em sete partidas disputadas, o colocando na artilharia isolada do Campeonato Paulista. Antes do segundo tento, Derlis também havia anotado, mas a arbitragem novamente viu irregularidade na jogada.

Perto do final do jogo, como é de costume na equipe de Sampaoli, o Peixe seguiu em ritmo intenso, e acabou sendo coroado com mais um tento: Derlis González recebeu de Jean Mota na esquerda e tocou para o raio pelo alto, que só teve o trabalho de cabecear e fechar o marcador.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 x 0 Guarani

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP);

Data: segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019;

Horário: 20h (de Brasília);

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira Do Amaral;

Assistentes: Neuza Ines Back e Leandro Matos Feitosa;

Cartões Amarelos: Victor Ramos (GUA); Alison (SAN);

Gols: Jean Mota (37′ 1ºT e 35′ 2ºT), Rodrygo (44′ 2ºT);

SANTOS FC: Vanderlei, Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique, Copete, Diego Pituca, Carlos Sánchez (Yuri), Cueva (Rodrygo), Alison (Jean Lucas), Jean Mota, Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli.

Guarani: Giovanni, William Matheus (Inácio), Victor Ramos, Ferreira, Léo Príncipe, Ricardinho, Deivid (Carlinhos), Jefferson Nem, Lucas Crispim (Alvaro), Thiago Ribeiro, Fernando Viana. Técnico: Osmar Loss.

(Texto: Bruno Secco / Foto: Ivan Storti)