Jairzinho no Santos FC?

Jairzinho no Santos FC?

Antes do início da partida da terça-feira (24), diante do Estudiantes, da Argentina, Jairzinho, pai do técnico Jair Ventura, esteve presente na Vila Belmiro, e recebeu uma camisa do Santos FC personalizada com seu nome e com a 7, número que costumava usar. E essa não foi a primeira vez em que um dos grandes ídolos do futebol nacional vestiu o manto sagrado do Peixe.

No início da década de 70, mais precisamente em 1972, em matéria produzida pela Revista Placar, Jairzinho teve a oportunidade de envergar a imaculada camisa branca. Na ocasião, a reportagem abordava como alguns jogadores se encaixariam em determinadas equipes.

Na temporada em que a matéria foi realizada, o Santos FC possuía em seu elenco, como de costume, grandes nomes. Comandados pelo Rei Pelé, Edu, Jair da Costa, Alcindo, Brecha e Nenê Belarmino, honravam o histórico DNA Ofensivo da equipe santista. E “Furacão da Copa de 70” certamente encaixaria muito bem na equipe.

Jairzinho fez sua carreira principalmente pelo Botafogo do Rio de Janeiro, e enfrentou por diversas vezes as grandes equipes do Santos FC da década de 1960. Nesse período, os Alvinegros realizaram diversos confrontos decisivos e emocionantes, como por exemplo as finais do Campeonato Brasileiro de 1962, e as semifinais da Taça Libertadores de 1963.

Pelé e Gerson, em um mais um duelo entre Santos e Botafogo

Ao lado dos santistas Pelé, Clodoaldo, Carlos Alberto Torres, Edu e Joel Camargo, Jairzinho foi Tricampeão do Mundo com a Seleção Brasileira da Copa de 1970, e merece todo o nosso respeito.

(Colaborou com a publicação o associado e também pesquisador Ronaldo Pedro da Silva)