Fora de casa, Santos FC perde para Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro

Fora de casa, Santos FC perde para Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro

O Santos Futebol Clube foi até São Paulo enfrentar a equipe do Palmeiras, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, e, em jogo marcado por muitas faltas, perdeu pelo placar de 3 a 2. Os gols santistas foram marcados pelo colombiano Copete e pelo lateral Dodô, sendo este seu primeiro com a camisa do Peixe. O próximo jogo do alvinegro praiano pelo certame nacional será contra a Chapecoense, no próximo dia 12, no Pacaembu. Os ingressos para este confronto serão comercializados a partir deste domingo (4), via web, para torcedores associados e não sócios.

O jogo – O primeiro lance do perigo da partida saiu de cobrança de escanteio de Dudu: o avançado palmeirense cobrou na cabeça de Edu Dracena, que mandou por cima do gol de Vanderlei. Pouco tempo depois, Jean tocou da direita para Borja, que chutou forte para ótima defesa de Vanderlei – mas Dudu, no rebote, abriu o placar. O Peixe tentou responder, mas sem encontrar brechas no meio de campo as jogadas ofensivas pouco fluíram. Aos 40 minutos, Dudu cobrou escanteio e Edu Dracena anotou o segundo da equipe da casa.

Visando melhorar a saída de bola do Santos FC, Cuca acionou logo no início da segunda etapa Bryan Ruiz e Copete. A resposta foi imediata: em disparada pelo lado direito, Carlos Sánchez ganhou de Dracena e chutou forte, para ótima defesa do arqueiro rival; Copete, no rebote, se esticou inteiro e quase diminuiu o marcador para o Peixe. O Palmeiras tentou responder com Gustavo Scarpa, que recebeu pela direita, avançou e chutou rente à trave de Vanderlei.

O crescimento do Peixe na etapa complementar foi coroado com uma alteração certeira do professor Cuca: Dodô cruzou pela esquerda e Carlos Sánchez meteu uma casquinha; Edu Dracena tentou cortar, mas ela sobrou nos pés de Copete, que fuzilou para as redes do rival. O Santos FC seguiu em ótimo ritmo após o tento e, aos 19 minutos, chegou ao empate com Dodô: o lateral-esquerdo recebeu de Derlis González após nova falha de Edu Dracena e, com muita calma, tocou por baixo das pernas do goleiro Weverton. O empate, no entanto, durou pouco: em cobrança de falta, Victor Luis contou com desvio na barreira para matar Vanderlei e recolocar sua equipe à frente do marcador.

O Peixe não se abateu com o gol adversário e seguiu firme em busca do empate. A primeira chance de novamente igualar o marcador saiu um minuto depois do tento rival, com ótimo cruzamento de Dodô para Gabriel. O camisa 10 do Santos FC tentou concluir a gol e por muito pouco não conseguiu. Carlos Sánchez ainda tentou aproveitar o lance, mas a bola acabou passando pelo uruguaio. Após a expulsão de Diego Pituca, aos 34 minutos, o ritmo foi quebrado, o jogo ficou mais morno e o placar acabou não sofrendo mais alterações.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 3 x 2 SANTOS

Local: Arena do Palmeiras, em São Paulo (SP);

Data: sábado, 3 de novembro de 2018;

Horário: 19h (de Brasília);

Árbitro: Braulio da Silva Machado;

Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back;

Cartões Amarelos: Edu Dracena (PAL), Victor Luiz (PAL), Lucas Lima (PAL), Dudu (PAL), Luiz Felipe (SAN), Victor Ferraz (SAN), Derlis González (SAN), Gabriel (SAN), Diego Pituca (SAN);

Cartão Vermelho: Diego Pituca (SAN);

Gol: Dudu (14′ 1ºT), Edu Dracena (40′ 1ºT), Copete (9′ 2ºT), Dodô (19′ 2ºT), Victor Luis (25′ 2ºT);

Palmeiras: Weverton, Edu Dracena, Antonio Carlos, Victor Luis, Jean (Guerra), Bruno Henrique, Lucas Lima (Felipe Melo), Thiago Santos, Gustavo Scarpa, Dudu, Borja (Deyverson). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SANTOS FC: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Dodô, Carlos Sánchez, Alison (Bryan Ruiz), Diego Pituca, Derlis González (Bruno Henrique), Rodrygo (Copete), Gabriel. Técnico: Cuca.

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)