Focado na liderança do Brasileiro, Sánchez deixa artilharia do Santos FC de lado por sonho coletivo

Focado na liderança do Brasileiro, Sánchez deixa artilharia do Santos FC de lado por sonho coletivo

A equipe santista está focada na briga pela liderança isolada do Campeonato Brasileiro. Prova disso é o pensamento coletivo do elenco do Peixe, que trabalha firme para conseguir mais três pontos diante do Avaí, adversário deste fim de semana. Autor do gol da vitória contra o Bahia, na penúltima rodada, Carlos Sánchez chegou aos dez tentos marcados e alcançou a artilharia do Alvinegro Praiano na temporada ao lado de Jean Mota. Apesar disso, o uruguaio deixa de lado a disputa de artilheiro pelo objetivo do plantel.

“É uma motivação fazer tantos gols sendo um meia. Não é uma disputa, é sempre lindo ajudar o time dessa forma. Queremos sempre os três pontos e trabalhamos para isso. Entro sempre em campo com muita responsabilidade para fazer um bom trabalho. Se fizer gols, que sejam bem-vindos. Sempre quero ajudar a equipe a ficar em vantagem. Às vezes até marcando em uma partida muito disputada. Tudo isso é uma motivação para seguir alimentando o trabalho e a dedicação em campo”, disse Carlos Sánchez, que reitera a importância da união do elenco.

“É como eu sempre digo: se o gol sair para que a equipe vença, que seja bem-vindo. Se não, trataremos sempre com a melhor maneira para que outros possam marcar. Isso é importante para o grupo. Enfrentaremos um grande time, que tem o sonho de vencer. Mas temos que pensar em nós, que jogaremos em casa, diante da nossa torcida”, comentou.

Vindo de cinco vitórias seguidas, brigando pela liderança isolada, o Santos FC encara um adversário que ainda não venceu no Brasileirão e ocupa a última colocação da tabela. Apesar dos momentos distintos, Sánchez acredita em uma dura partida contra este tradicional adversário.

“Temos que trabalhar com tranquilidade. Será uma partida muito difícil, precisamos ter muita concentração e responsabilidade. As partidas duram 90 minutos e precisamos jogar com tranquilidade durante toda ela. Não será nada fácil, mas lutaremos como temos feito. Precisamos destes três pontos para seguirmos alimentando nosso sonho”, afirmou.

Santos FC e Avaí se enfrentaram somente 14 vezes e o Peixe leva a melhor no histórico do confronto somando seis vitórias, seis empates e apenas duas derrotas, com 24 gols marcados e 18 sofridos.

A partida, válida pela 12ª rodada do Brasileirão, será realizada às 16 horas deste domingo, na Vila Belmiro.

Foto: Ivan Storti/SantosFC