Departamento de Futebol de Base realiza palestra sobre educação financeira

Departamento de Futebol de Base realiza palestra sobre educação financeira

Sabendo que o futebol é um esporte multicultural e atento às necessidades dos jovens atletas, o Departamento de Futebol de Base do Santos FC realizou na última segunda-feira (12), no salão Vidal Behor Sion, na Vila Belmiro, uma palestra sobre educação financeira para a categoria Sub-17, visando auxiliar as questões financeiras dos Meninos da Vila.

O economista Mauro Monaro Garcia e o administrador de empresas Rodinei Passos Ayres palestraram de forma simples e direta, sobre a relação entre o Futebol e as finanças de um jogador de futebol. Além dos atletas, participaram também membros da coordenação e da comissão técnica.

“Bom salário, tempo disponível, acesso aos melhores produtos e serviços financeiros. Quando alguém tem tudo isso é impossível ter problemas com dinheiro, certo? Errado. Se não houver disciplina, tudo pode ir por água abaixo, a pessoa gasta mais do que pode. São inúmeros os casos de atletas brilhantes que naufragaram por pura falta de disciplina”, comentou Mauro.

“Treinamento, disciplina, visão global, estratégia e ousadia são algumas das características que podem determinar o sucesso, tanto no futebol quanto nas finanças pessoais. Não é difícil elencarmos uma série de situações na história do futebol em que esses fatores tenham feito a diferença”, orientou Rodinei.

Segundo Ricardo Barros, assistente social do Santos FC, o objetivo da palestra foi despertar uma visão de responsabilidade sobre a vida financeira e construir valores de futuro a partir da conscientização da realidade atual de cada atleta. “Nosso intuito é que ações como essas consolide cada vez mais o processo de formação do atleta do Santos FC, e principalmente que o Menino da Vila se desenvolva como cidadão, chefe de família, sendo um exemplo para todos do seu meio” comentou Ricardo.

Para o lateral esquerdo Pedro Scaramussa, que na última terça-feira (6), assinou com o Santos FC seu primeiro contrato como profissional, por três temporadas, o assunto “educação financeira” é um tema cada vez mais falado entre os atletas da Base. “Eu já planejo como vou usar meu dinheiro. Sei que o tempo da nossa carreira é curta, e que temos a possibilidade de ganharmos muito acima do que ganha a maioria dos brasileiros. Por isso saber gerir e ter orientações de pessoas capacitadas no assunto, fará com que eu possa ter tranquilidade de jogar e também dar sustentabilidade à minha família”, finalizou Pedrinho.

(Texto: Maikon Camargo / Fotos: Ivan Storti)