Departamento de Futebol de Base realiza assembleia multidisciplinar aos pais e responsáveis de atletas do Sub-7 ao Sub-14

Departamento de Futebol de Base realiza assembleia multidisciplinar aos pais e responsáveis de atletas do Sub-7 ao Sub-14

O Departamento de Futebol de Base realizou na noite de sexta-feira (29), no Salão Vidal Behor Sion, na Vila Belmiro, a primeira reunião multidisciplinar de 2019, que agrega toda estrutura necessária para o processo de formação de um atleta do Santos FC. Estiveram presentes os pais e responsáveis dos atletas das categorias Sub-7 ao Sub-14. O evento contou com a presença de profissionais especializados no processo de formação dos Meninos da Vila, que falaram sobre a importância de cada área e a necessidade da colaboração direta dos pais na evolução do atleta como um todo.

O coordenador de Futebol de Base Carlos Muniz fez a abertura das atividades junto com o coordenador de Futsal José Alexandre “Barata”. Além deles, fizeram palestras os profissionais do Clube: Rodrigo Neves (Gestor de Futsal), Bruno Silva (Técnico do Sub-11), Mário Ramalho (Técnico Sub-13), Juliano Valim (Preparador Físico do Sub-17), Stefan Yokoyama (Fisioterapeuta), Victória Gonçalves (Técnica de nutrição), Maikon Camargo (Assessor de Imprensa), Ricardo Barros (Assistente Social). Quem encerrou o evento foi a psicóloga do esporte Marina Vidual.

O gerente de Base Marco Antônio Maturana afirma que esse tipo de atividade é extremamente importante para o Santos FC. “O Futsal é a primeira porta de entrada no Clube. O garoto chega aqui aos 7 anos, e desde pequeno viaja com a gente pelo o Brasil e o mundo, portanto é fundamental que os pais e responsáveis saibam quem são os profissionais que o Santos FC disponibiliza para o processo de formação de um atleta, o que eles fazem e como fazem”.

O Supervisor de Futsal, José Alexandre (Barata), um dos idealizadores da integração entre o Futsal e o Futebol de Base, que aconteceu em março de 2018, falou da alegria em fazer parte deste processo formador de atletas. “O ano passado já falávamos sobre as atividades com as comissões unificadas, sobre a possibilidade de um elenco único para as categorias, e o que facilitaria a integração entre quadra e campo. Ver esse projeto sair do papel e funcionar com o apoio de todos esses profissionais que fazem parte dessa fábrica de craques, não tem como não ficar feliz”.

(Texto: Maikon Camargo / Fotos: Pedro Ernesto Guerra Azevedo)