De virada, Santos FC vence o Defensa y Justicia, e mantém invencibilidade na competição

O Santos FC, já classificado para as oitavas de final da Conmebol Libertadores, e com muitos desfalques, venceu o Defensa y Justicia, de virada, por 2 a 1, na Vila Belmiro, pela última rodada do Grupo G. Os gols do Peixe foram marcados por Lucas Braga e Marcos Leonardo. O time comandado pelo técnico Cuca terminou a fase em primeiro lugar na chave, sem perder nenhuma partida, com 16 pontos. Veja aqui as fotos. Agora a equipe volta a pensar no Campeonato Brasileiro. No domingo (25), às 16 horas, enfrenta o Fluminense, no Maracanã.

O Jogo
Arthur Gomes faz boa jogada, aos 3 minutos, e cruza para Kaio Jorge e a bola passa próxima do gol.
Aos 11 minutos, Arthur Gomes bate forte, na entrada da área, mas a bola é desviada e vai para escanteio.
Felipe Jonatan toca para Jobson, que faz tabela com Kaio Jorge. O camisa 9 chuta, mas Usain faz a defesa. Na sequencia, João Paulo faz boa defesa no chute de Hachen.
Contra-ataque rápido do Peixe com Kaio Jorge, que cruza. Soteldo se estica e consegue desviar, mas a bola vai para linha de fundo. Mas o árbitro marca impedimento.
No segundo tempo, Braian Romero faz 1 a 0 para o Defensa y Justicia.
Aos 11 minutos, Felipe Jonatan cruza para Kaio Jorge. O atacante cabeceia para fora.
Quatro minutos depois, Kaio Jorge recebe cruzamento na área. O goleiro adversário faz a defesa.
Soteldo toca para Kaio Jorge, que chuta. Lucas Lourenço pega o rebote, mas Usain defende.
E aos 32, Wagner Leonardo fica com a sobra, após o cruzamento de Pará. O zagueiro toca para Lucas Braga empatar para o Santos FC, 1 a 1. É o primeiro gol do atacante com a camisa do Peixe.

Aos 46, a virada santista. Lucas Braga cruza e o Menino da Vila Marcos Leonardo faz 2 a 1.
E Diego Pituca, aos 49 minutos, salva o que seria o gol de empate. Final com vitória do Peixe na Vila Belmiro.
FICHA TÉCNICA
Santos FC 2 x 1 Defensa y Justicia
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 20/10/2020
Horário: 19h15 (horário de Brasília);
Gols: Braian Romero (DYJ)
Cartões Amarelos: Braian Romero (DYJ) e David Martínez; Jobson e Diego Pituca (SAN)
Santos FC: João Paulo; Pará (Marcos Leonardo), Luiz Felipe, Luan Peres, Felipe Jonatan (Wagner Leonardo), Jobson, Diego Pituca e Jean Mota (Lucas Lourenço); Arthur Gomes (Lucas Braga), Kaio Jorge (Sandry) e Soteldo. Técnico: Cuca
Defensa y Justicia: Unsain; Frías, Paredes, David Martínez, Rius, Enzo Fernández (Acevedo), Pizzini (Camacho), Isnaldo, Benítez, Hachen (Merentiel) e Braian Romero
(Fotos: Ivan Storti/Santos FC)