COMUNICADO

COMUNICADO
Será realizada, no dia 30 de junho de 2020, Assembleia do Conselho Deliberativo do Santos FC, tendo como um item da pauta a apreciação e votação das contas do exercício 2019. O Conselho Fiscal elaborou relatório recomendando a reprovação das contas. O Comitê Gestor do Santos FC, sempre prezando pela transparência adotada desde o início da gestão, publica no Portal da Transparência os balanços, relatórios da administração e respostas aos pareceres do Conselho Fiscal. Os documentos relativos ao fechamento do exercício 2019 estão publicados no Portal (links abaixo).
Tendo em vista que a documentação é extensa e por vezes de difícil compreensão para o público não ligado diretamente ao tema, o Comitê Gestor do Santos FC faz aqui um resumo dos fatos relevantes da Gestão do Clube e do resultado das contas do exercício 2019, disponibilizando os documentos completos no Portal da Transparência para que os conselheiros, sócios, torcedores e parceiros comerciais possam fazer juízo de valor acerca da condução do Clube.
1) RELATÓRIO DE AUDITORIA EXTERNA INDEPENDENTE

Opinião com Ressalvas
“Examinamos as demonstrações contábeis do SANTOS FUTEBOL CLUBE (Clube), que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2019 e as respectivas demonstrações do resultado, do resultado abrangente, das mutações de patrimônio líquido e dos fluxos de caixa correspondentes ao exercício findo nessa data, bem como as correspondentes notas explicativas, incluindo o resumo das principais políticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis a NBC TG 1000 – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, NBC ITG 2002 (R1) – Entidades Sem Finalidade de Lucro Emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC e ITG 2003 (R1) Entidade Desportiva Profissional.
Em nossa opinião, exceto pelas limitações mencionadas na seção Base para Opinião com Ressalvas, as demonstrações contábeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do SANTOS FUTEBOL CLUBE em 31 de dezembro de 2019, o desempenho de suas operações e seus fluxos de caixa para o exercício finco naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis a NBC TG 1000 – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas e NBC ITG 2002 (R1) – Entidades Sem Finalidade de Lucro emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC e ITG 2003 (R1) Entidade Desportiva Profissional”
A base para opinião com ressalvas está restrita, apenas, ao não recebimento de cartas de confirmações externas pelos escritórios responsáveis, por questões envolvendo o Fisco e Jurisdição Espanhola.
2) RESULTADO CONTÁBIL
O Santos FC apresentou em 2019 resultado operacional – EBITDA (Resultado antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) com Superávit de R$ 123.565.989, e um resultado contábil (última linha do balanço) com Superávit de R$ 23.501.142.
3) LIMITES ESTATUTÁRIOS – Artigos 83 e 84
Os limites estatutários de endividamento e dos percentuais de representatividade das despesas foram totalmente atendidos, de acordo com a manifestação no parecer do próprio Conselho Fiscal.
4) DESEMPENHO ESPORTIVO
O Santos FC conquistou o vice-campeonato Brasileiro DE 2019 com inéditos 74 pontos (maior pontuação do Clube na era dos pontos corridos) e consequente classificação para a COPA CONMEBOL LIBERTADORES 2020, tendo apenas a 9ª ou 10ª folha de pagamento entre as equipes do Campeonato Brasileiro.
O desempenho de 2019 se reverterá em benefícios econômicos futuros com a valorização dos atletas e com as premiações da copa Libertadores, que poderão variar de R$ 12 a 75 milhões, dependendo do avanço nas respectivas fases da competição.
5) MELHORIAS NA ESTRUTURA FÍSICA E NOS PROCESSOS
Em 2019 foram realizadas importantes reformas e manutenções de grande porte na Vila Belmiro e no CT Rei Pelé. Foram também implementados novos projetos e processos visando dar suporte a todas as categorias do futebol do Santos FC: Área de Scouting, Setor de Mercado, Projeto de Aspirantes, Revitalização da Formação.
6) PROJETO ESPORTIVO 2020
Concepção do projeto esportivo para 2020, levando em conta a necessidade de buscar progressivamente o equilíbrio financeiro do Clube, com premissas bem definidas, entre elas, gerar superávit expressivo nas contas extraordinárias (negociação de atletas), reduzir os custos com folha de pagamentos, potencializar utilização dos atletas da Base, aprimorar o estilo de jogo de acordo com o DNA do Santos FC.
Alguns indicadores do primeiro trimestre de 2020 mostram que as diretrizes do projeto estão sendo seguidas e concretizadas: superávit expressivo nas contas extraordinárias (16 milhões), redução significativa nos custos operacionais com a folha de pagamentos comparados com 2019, valorização dos atletas da base, com mais de 50% de atletas formados no clube entre os relacionados para a retomada das atividades.
7) TRANSPARÊNCIA
Desde o início, a gestão pautou-se pela transparência, com a implementação do Portal da Transparência e a divulgação dos balanços, relatórios de administração, resposta aos pareceres do Conselho Fiscal entre outras informações relevantes. Esta postura foi reconhecida em levantamento realizado pelo GloboEsporte.com por meio do Ranking dos Clubes mais transparentes e confiáveis do futebol brasileiro em 2019/2020, nos quesitos, Organização, Auditoria Externa e Publicação, obtendo nota 8 nos critérios de avaliação.