Com Sereias na disputa, Libertadores Feminina acontecerá em novembro, em Manaus

Com Sereias na disputa, Libertadores Feminina acontecerá em novembro, em Manaus

As Sereias da Vila já sabem onde jogarão pela Libertadores Feminina de 2018. Nesta segunda-feira (11), a Conmebol definiu, em reunião do seu conselho em Moscou, na Rússia, que a sede do torneio continental será em Manaus. Ele ocorrerá entre os dias 4 e 18 de novembro deste ano.

Campeão do Brasileiro de 2017, o Santos FC tem vaga garantida na disputa. Além disso, o Iranduba, sede da competição, e o Audax, vencedor da Liberta na última temporada, também estão confirmados.

A competição ainda contará com equipes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. A Arena da Amazônia, que comporta 44 mil pessoas, e o Estádio da Colina, para público de 10 mil, irão sediar os jogos da Libertadores Feminina.

“Achei uma boa escolha. O Iranduba é um adversário duríssimo e vai buscar se reforçar ainda mais para disputar a competição. Mas acho muito interessante ser em Manaus pois teremos a certeza de grandes públicos, pois o histórico recente mostra isso. Nós já estávamos nos planejando para a Libertadores desde o início da temporada, mas a definição de datas, que ocorreu nesta segunda, adianta bastante nossa preparação para o torneio, que será muito importante para o Santos FC”, afirmou o Gerente Executivo das Sereias da Vila, Alessandro Rodrigues.

Nesta temporada, as santistas irão em busca da terceira Libertadores para o clube. Em 2009, o Peixe, que contava com o brilho de Marta e Cristiane, conquistou a primeira edição do torneio, com final disputada na Vila Belmiro. No ano seguinte, o Alvinegro levantou a taça pela segunda vez consecutiva.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)