Com retornos importantes e vantagem histórica, Santos FC recebe Flamengo na Vila Belmiro

Com retornos importantes e vantagem histórica, Santos FC recebe Flamengo na Vila Belmiro

O Santos FC está pronto para mais um grande desafio do Campeonato Brasileiro. Pela 15ª rodada, o Peixe encara o Flamengo nesta quarta-feira (25) em busca de sua primeira vitória após a pausa da Copa do Mundo. Sob o comando do técnico interino Serginho Chulapa, o Alvinegro Praiano entra em campo às 21h45 na Vila Belmiro. Os ingressos seguem à venda.

Vindo de empates contra Palmeiras (1 a 1) e Chapecoense (0 a 0), respectivamente, e com um jogo a menos em relação a outros 18 clubes, o time santista soma 15 pontos e ocupa a 15ª colocação do Nacional. Ciente da dura missão de enfrentar o primeiro colocado do campeonato, o elenco do Alvinegro Praiano quer iniciar sua recuperação no Brasileirão.

“Será um jogo muito difícil. Enfrentar o Flamengo, sendo líder ou não, é sempre complicado. Mas estamos bem concentrados e confiantes para reverter essa situação”, disse o atacante Rodrygo, que se recuperou de uma contusão no joelho direito, sofrida no clássico, e volta a ficar à disposição.

Com a saída do treinador Jair Ventura do comando santista, o auxiliar técnico e Ídolo Eterno Serginho Chulapa dirige o Peixe nesta rodada. Para este desafio, o ex-camisa 9 não contará com David Braz e Jean Mota, ambos suspensos por levarem o terceiro cartão amarelo contra a Chapecoense. Porém, além de Rodrygo, Alison, que cumpriu suspensão automática, também está sem impedimentos para atuar.

No histórico do confronto em Campeonatos Brasileiros, Santos FC e Flamengo demonstram um grande equilíbrio. Em 70 jogos, são 24 vitórias para cada lado e 22 empates, com 80 gols para os donos da casa e 72 para os visitantes. Somando todas as competições, a vantagem fica com o Alvinegro Praiano, que soma 46 vitórias, 34 empates e 42 derrotas, com 183 gols a favor e 165 contra.

Já em duelos na Vila Mais Famosa, o Peixe ganha larga vantagem. Em 33 encontros, o time que joga todo de branco venceu 20, empatou oito e perdeu somente cinco, balançando as redes em 77 oportunidades e sofrendo 42 gols.

Foto: Ivan Storti/SantosFC