Com ataque centenário, quatro Sereias brigam pela artilharia do Santos FC: “Disputa sadia”

Com ataque centenário, quatro Sereias brigam pela artilharia do Santos FC: “Disputa sadia”

O ataque das Sereias da Vila tem causado terror nas defesas adversárias na temporada. Em 31 partidas até o momento, juntando Brasileiro e Paulistão, já são 111 gols marcados. É uma média de 3,58 bolas na rede por jogo.

Esses números fazem o Santos FC ter o melhor ataque do Brasil no futebol feminino em 2018. E mais da metade desses tentos foi anotado apenas por quatro Sereias, que lutam de forma bem acirrada pela artilharia da equipe comandada por Emily Lima.

Quem lidera a disputa no momento é Chú, com 17 gols. A centroavante Rosana vem na cola, tendo colocado 16 bolas na rede. Logo atrás aparecem Ketlen e Alanna, que já marcaram 15 vezes cada.

“Isso diz muito sobre o nosso time. Temos um elenco super qualificado. É sempre muito bom fazer gols, mas realmente não nos importamos com quem os faz, mas sim com o desempenho da equipe e resultados no final dos jogos”, afirmou Rosana.

Além de Chú e Ketlen, Alanna (esq) e Rosana (dir) também seguem firmes na briga pela artilharia do Santos FC (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Curiosamente, as quatro Sereias da Vila deixaram balançaram as redes na goleada de 5 a 1 sobre o Audax, no último domingo (2), em Osasco, pela penúltima partida da segunda fase do Campeonato Paulista Feminino de 2018.

“É uma disputa sadia. A gente não busca incessantemente a artilharia. O que buscamos é ganhar os jogos e sermos campeãs. Lógico que quanto mais gols fizermos, melhor para o Santos FC. Porém, não tenho essa vaidade. Se qualquer uma de nós marcar, já será muito bom”, disse Ketlen.

E neste sábado (8), às 15h, Rosana, Alanna, Chú e Ketlen seguem a briga pela artilharia do Santos FC, desta vez diante do São José, na Vila Belmiro, no último compromisso antes da semifinal do Paulistão.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC)