Campeão da Copa Denner

Campeão da Copa Denner

Por Guilherme Guarche e Odir Cunha, do Centro de Memória

Ao vencer o Atlético Mineiro por 4 a 2, no estádio Caio Martins, em Niterói, em uma noite de quinta-feira, 16 de junho de 1994, o time misto do Santos, orientado pelo técnico Joãozinho, se sagrou campeão da Copa Dener, que levou este nome em homenagem ao habilidoso atacante de 23 anos falecido em um acidente de automóvel em 18 de abril do mesmo ano.

Santos e Atlético Mineiro, primeiro e segundo colocados na fase de classificação, decidiram o título em um jogo único, dominado amplamente pelos santistas. Luciano marcou, de cabeça, logo aos 8 minutos, Anderson ainda empatou quatro minutos depois, mas Ranielli aos 17 e Luciano aos 37 minutos deixaram o Santos tranquilo ao final do primeiro tempo. No segundo, Demétrius ampliou aos 4 e Renaldo diminuiu aos 18.

Naquela noite Joãozinho escalou o Santos com Robson Agondi, Sérgio Santos, Marcelo Fernandes, Maurício Cupertino e Cerezzo; Piá, Ranielli (depois Marcelo Passos), Zé Renato e Serginho Fraldinha (Neizinho); Demétrius e Luciano.

Ex-zagueiro e capitão do time campeão paulista de 1978, João Rosa de Souza Filho, o Joãozinho, orientou o Santos em 51 partidas nos anos de 1994 e 1995, das quais venceu 21, empatou 18 e perdeu 12.

Para chegar ao título da Copa Dener o Santos estreou perdendo para o Botafogo por 2 a 1, depois venceu o Atlético Mineiro por 4 a 0, empatou com o Vasco em 3 a 3, venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e a Portuguesa por 4 a 1. Na final, como vimos, derrotou novamente o Atlético, por 4 a 2. Com 17 gols marcados, média de 2,8 por partida, o Santos teve o ataque mais positivo do torneio. Sua defesa sofreu oito gols.