Após estreia, Jobson celebra 15ª vitória do Santos FC e projeta briga pelo título até o final

Após estreia, Jobson celebra 15ª vitória do Santos FC e projeta briga pelo título até o final

A vitória sobre o Ceará por 2 a 1 foi ainda mais especial para o volante Jobson. Além da conquista dos três pontos, que levaram Santos FC aos 51 somados já ultrapassando a pontuação a campanha do último Campeonato Brasileiro (50), a partida marcou a estreia do camisa 20 pelo Peixe, algo inesquecível para o atleta.

“Foi uma sensação incrível. Pisar no gramado onde os melhores pisaram é muito gratificante. Fiquei muito feliz. Só tenho que agradecer a Deus e a todo mundo que me deu apoio para fazer essa estreia”, disse Jobson, que valorizou muito a 15ª vitória do Alvinegro Praiano no nacional.

“O mais importante é que o nosso time saiu com a vitória e continua na luta, seguimos brigando lá em cima. Temos que continuar desse jeito, brigando até o final. Se Deus quiser, em dezembro, comemoraremos muito. É sempre importante pontuarmos e vencer em casa, onde somos muito fortes. Temos que seguir nessa crescente que começamos a ter no returno”, comentou.

No treino desta manhã, no CT Rei Pelé, Jobson e seus companheiros já demonstraram grande foco no Atlético-MG, adversário da próxima rodada. À disposição de Jorge Sampaoli, o volante está confiante em uma boa atuação santista fora de casa.

“O professor Sampaoli nos pede para jogar da mesma forma dentro e fora de casa. Vamos lá (Belo Horizonte) buscar os três pontos novamente”, ressaltou.

No primeiro turno, o Santos FC bateu o Atlético-MG por 3 a 1 com gols de Eduardo Sasha, Jean Mota e Carlos Sánchez. Alerrandro descontou para os mineiros.

Ambas as equipes também se enfrentaram nas oitavas de final da Copa do Brasil deste ano. O primeiro jogo terminou empatado em 0 a 0 e o segundo com vitória do Atlético por 2 a 1.

Foto: Ivan Storti/SantosFC