Após conquistar Paulista e Brasileiro, nova geração das Sereias quer primeira Libertadores

Após conquistar Paulista e Brasileiro, nova geração das Sereias quer primeira Libertadores

As Sereias da Vila já são bicampeãs da Libertadores Feminina. Porém, das 20 atletas relacionadas para a competição deste ano, apenas Maurine, Erikinha, Carol Arruda, Sandrinha, Ketlen e Dani Silva estiveram presentes em alguma das conquistas entre 2009 e 2010.

Após a retomada do Futebol Feminino no clube, em 2015, o Santos FC conquistou quase todos os títulos possíveis. A equipe já levantou as taças do Campeonato Paulista (2018), Brasileirão (2017), Jogos Abertos (2017) e Jogos Regionais (2018). Porém, ainda falta a Liberta.

De volta ao torneio continental após sete anos, as Sereias da Vila vêm com uma nova geração de atletas sedentas pela conquista da América. E o primeiro compromisso na batalha pelo troféu acontece nesta terça-feira (20), às 20h (de Brasília), contra o Colo-Colo (CHI), na Arena da Amazônia.

“Com certeza (ansiedade grande). Estou muito feliz pela oportunidade de disputar minha primeira Libertadores. O nosso time está bem focado e estamos preparadas para buscar o terceiro título. Vamos dar o nosso melhor para conquistar essa taça”, afirmou a meia Angelina.

Campeã brasileira e paulista, Maria também sonha com a Libertadores (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

“Desde a volta em 2015 já conquistamos os dois títulos mais importantes do país. A competitividade forte desses dois torneios nos ajudou na preparação para chegarmos bem na Libertadores. A ansiedade vem forte faltando apenas dois dias para a estreia, mas estamos preparadas. Agora é acertar os detalhes finais para estrearmos com o pé direito”, ressaltou a atacante Maria.

Depois da estreia contra as chilenas, as Sereias voltam a entrar em campo diante do Deportivo Ita (BOL), na próxima sexta, às 22h30 (de Brasília). Encerrando a fase de grupos, o Santos FC duela com o Sport Girls (PER), no dia 26, também às 22h30.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)