De volta à equipe, Caju quer vitória fora de casa para subir na tabela do Brasileiro

De volta à equipe, Caju quer vitória fora de casa para subir na tabela do Brasileiro

O Santos FC volta a campo às 19 horas deste sábado (1) para mais um desafio do Campeonato Brasileiro. No Estádio Olímpico, em Goiânia, o Peixe encara o Atlético (GO) pela 11ª rodada do Nacional. Vindo de duas derrotas para Sport (Brasileirão) e Flamengo (Copa do Brasil) o elenco do Alvinegro Praiano só pensa na vitória fora de casa para subir na tabela de classificação.

Com 16 pontos, na quinta colocação, o time treinado por Levir Culpi soma cinco vitórias, um empate e quatro derrotas neste Brasileiro, com nove gols marcados e sete contra. Apesar de o time goiano ocupar a lanterna do campeonato, com seis pontos, os jogadores do Peixe têm a expectativa de um duro embate nesta rodada.

“Todo jogo do Brasileiro é difícil. O Atlético está em uma situação complicada e vai jogar pela vitória para sair disso. Mas não podemos ficar intimidados. Precisamos dos três pontos e faremos de tudo para sair de lá (Goiânia) com nosso objetivo. Queremos nos aproximar da liderança”, disse o lateral Caju.

Recuperado de uma lesão subtotal do músculo reto femoral da coxa esquerda, Caju voltou a atuar pelo Peixe na derrota pelo Flamengo por 2 a 0, na última quarta-feira (28), pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. À disposição para o duelo deste sábado (1), o baiano de Irecê agradece ao apoio da comissão técnica por sua recuperação.

“Fiquei praticamente quatro meses parado e tudo foi muito difícil. Só tenho a agradecer ao Avelino, Diego e Tom, nossos fisioterapeutas, e também ao Marquinhos e ao Fernando, preparadores físicos, pela ajuda durante este tempo. Graças a Deus pude voltar ao time e, por mais que tenha jogado pouco, consegui ter um bom desempenho. Agora é dar continuidade e seguir trabalhando. Se o professor precisar de mim, estarei à disposição”, ressaltou o garoto de 21 anos.

Confira os atletas relacionados para encarar o Atlético (GO)

Goleiros

João Paulo e Vanderlei

Laterais

Caju e Daniel Guedes

Zagueiros

David Braz, Fabián Noguera e Lucas Veríssimo

Meias

Alison, Jean Mota, Leandro Donizete, Léo Cittadini, Lucas Lima, Rafael Longuine, Renato, Serginho, Thiago Maia, Vitor Bueno e Yuri

Atacantes

Arthur Gomes, Bruno Henrique, Copete, Kayke, Thiago Ribeiro e Vladimir Hernandez