Fora de casa, Santos FC perde para o Palmeiras

Fora de casa, Santos FC perde para o Palmeiras

Neste sábado (10), o Santos FC perdeu para o Palmeiras por 3 a 2 no Allianz Parque, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Carlos Sánchez e Marinho marcaram os gols do time santista.

Na próxima quinta-feira (15), o Peixe estreia na Copa Sul-americana, diante do Independiente-ARG, na Vila Belmiro, ás 19h15, em jogo válido já pelas oitavas de finais da competição.

O jogo
Logo aos 4 minutos o Santos teve uma boa oportunidade com o lateral Moraes. Em velocidade, ele avançou pela esquerda e bateu para a defesa do goleiro.

O Palmeiras abriu o placar aos 18 minutos e ampliou aos 21.

Na maior parte da primeira etapa, o time santista tentou jogadas com infiltrações pelos lados, utilizando principalmente seus atacantes.

Já para o segundo tempo, o técnico Fernando Diniz realizou duas alterações, ainda no intervalo. Carlos Sánchez e Alison entraram na partida, nos lugares de Jean Mota e Danilo Boza.

O Peixe melhorou na partida, e permaneceu mais tempo com a bola, criando mais oportunidades ofensivas.

Aos 28 minutos, Sánchez invadiu a área, e foi derrubado por Marcos Rocha. O árbitro sinalizou pênalti, e o próprio uruguaio foi para a batida. Ele bateu forte no meio e estufou as redes, marcando o 1º gol após seu retorno. Com o tento assinalado, ele chegou a marca de 26 gols pelo Santos e igualou Copete, como o maior artilheiro estrangeiro do time santista.

Fernando Diniz também promoveu o retorno de Raniel, após longo período afastado por lesões e por ter contraído covid-19.

Aos 38 minutos, o Palmeiras chegou ao 3º gol.

O Santos teve mais um pênalti ao seu favor, aos 46 minutos, e dessa vez, Marinho foi para a cobrança, e marcou o 2º do time santista, dando números finais ao jogo.

Ficha Técnica:
SE Palmeiras 3 x 2 Santos FC
Data:
 10/07/2021
Horário: 16h30
Gols: Gustavo Gómez aos 18min e Breno Lopes aos 21min do primeiro tempo; Carlos Sánchez (p) aos 28min, Willian aos 38min e Marinho (p) aos 46min do segundo tempo.
Local: Allianz Parque, em São Paulo.
Árbitro: Bráulio da Silva Machado
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes
Cartões amarelos: Jaílson (SEP); Camacho, Jean Mota, Marcos Guilherme, Marinho, Kaiky e Moraes (SFC)
SEP: Jaílson; Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael, Raphael Veiga (Wesley) e Gustavo Scarpa (Patrick de Paula); Deyverson (Dudu) e Breno Lopes (Willian). Técnico: Abel Ferreira
SFC: João Paulo; Pará (Madson), Danilo Boza (Alison), Kaiky e Moraes; Camacho (Vinícius Zanocelo), Jean Mota (Carlos Sánchez) e Gabriel Pirani; Marinho, Marcos Guilherme e Lucas Braga (Raniel). Técnico: Fernando Diniz