Sub-15 vence e segue invicto na terceira fase do Paulista; Sub-17 empata e decide vaga na última rodada

Sub-15 vence e segue invicto na terceira fase do Paulista; Sub-17 empata e decide vaga na última rodada

Foto: David Chaves

As categorias infantil e juvenil do Santos FC entraram em campo na manhã deste sábado (7) pela quinta rodada da terceira fase do Campeonato Paulista. Na cidade de São Carlos, o Sub-15 do Peixe venceu o São Carlos por 2 a 0 e segue invicto nesta fase. Já em Mauá, o Sub-17 empatou 0 a 0 com o Mauaense e decide a classificação às quartas de final na última rodada.

Com gols de Renyer e Ivonei, o Sub-15 do Peixe chegou aos 15 pontos na liderança isolada do Grupo 21. Em 25 jogos nesta competição, o Alvinegro Praiano soma 21 vitórias, três empates e apenas uma derrota, com 98 gols marcados e 16 sofridos.

No comando da equipe nesta rodada, já que Gustavo Roma participa de um curso para treinadores na CBF, o auxiliar técnico Emerson Ballio escalou o time de Vila Belmiro com: Victor; Cadu (Eduardo), Luiz Felipe, Derick e Pedro Scaramussa (Ítalo); Sandry, Ivonei (Kevin) e Giovanni; Fernando Paiva (Andrey Quintino), Kaio Jorge (Marcos Leonardo) e Renyer.

“O primeiro tempo foi muito complicado. O vento forte e o campo irregular nos atrapalharam. Nosso time procurava o jogo, mas não estava acertando. Corrigimos o posicionamento na segunda etapa e conseguimos marcar os gols e garantir a vitória. O time teve experiência para conduzir o jogo e, da melhor maneira possível, deu tudo certo”, disse Emerson Ballio.

Lucas Lourenço, da equipe Sub-17, no CT Rei Pelé (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

Com o técnico Luciano Santos também participando de um curso na CBF, o auxiliar técnico Jefferson Félix comandou o Sub-17 nesta manhã. Sem contar com Victor Yan e Yuri Alberto na Seleção Brasileira Sub-17, que disputa o mundial da categoria na Índia, Jefferson escalou o Peixe com: Jeimes; Mikael (Wesley Santos), Clayton, Kaique e Rhuan; Gustavo Cipriano, Weslley (Alisson), Sandro e Lucas Lourenço; Denilson (Luiz Felipe) e Rodrygo.

“Foi um jogo difícil, como já havíamos previsto. O gramado não ajuda a equipe que propõe e controla o jogo, que são da nossa característica. Mesmo assim perdemos algumas oportunidades, que poderiam ter nos dado a vitória. Mas valeu pela luta e entrega dos meninos. Agora só depende de nós. Uma vitória simples contra o Primavera, em casa, nos dá a classificação”, disse Jefferson.

Ao empatar com o Mauaense, o Sub-17 do Peixe chegou aos sete pontos, na terceira posição do Grupo 21, e depende só de si para avançar às quartas de final. Em 25 partidas até aqui, o Alvinegro Praiano soma 16 vitórias, cinco empates e quatro derrotas, com 73 gols marcados e 22 sofridos.

Pela última rodada da terceira fase, os Meninos da Vila voltam a campo no próximo sábado (14). No CT Rei Pelé, às 9 horas, o Sub-15 enfrenta o Mirassol já classificado. Na sequência, às 11 horas, o Sub-17 luta pela vaga contra o Primavera. A entrada é franca.