Pelo Brasileirão, Santos FC empata com Grêmio fora de casa

Pelo Brasileirão, Santos FC empata com Grêmio fora de casa

Foto: Ivan Storti/SantosFC

O Santos FC somou um ponto na 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo (30), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), o Peixe empatou com o Grêmio em 1 a 1. Com este resultado, o Alvinegro Praiano chegou aos 31 pontos, na terceira colocação do Nacional. David Braz e Fernandinho, do time gaúcho, marcaram os gols do duelo.

A partida começou com o time santista marcando os donos da casa em seu campo de defesa. Cientes da importância da vitória, os jogadores do Peixe buscavam o ataque de todas as formas. Após os dez minutos iniciais, o Grêmio pressionou o Alvinegro Praiano e levou perigos ao gol de Vanderlei., exigindo muita precisão do sistema defensivo do Santos FC.

Depois de segurar a pressão adversária, o Peixe voltou a se lançar ao ataque e conseguiu abrir o marcador aos 44 minutos. Após escanteio batido por Jean Mota, Bruno Henrique desvia de cabeça, na primeira trave, e vê Braz entrar em velocidade na pequena área para cabecear ao gol. Porém, dois minutos depois, o Grêmio empatou o placar com Fernandinho.

Na segunda etapa, a equipe mandante voltou a pressionar o Peixe, que era preciso na marcação e saía nos contra-ataques, porém a partida terminou empatada em 1 a 1.

Pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos FC volta a campo diante do Flamengo nesta quarta-feira (2). A partida será realizada no Estádio do Pacaembu, às 21h45, em São Paulo. Os ingressos já estão à venda.

Santos FC 1 x 1 Grêmio
Local: Arena do Grêmio, às 19 horas do dia 30 de julho de 2017;
Árbitro: Braulio da Silva Machado – SC;
Auxiliares: Kleber Lucio Gil – SC (FIFA) e Neuza Ines Back – SC (FIFA);
Cartões amarelos: Yuri, Vanderlei, Thiago Ribeiro, Lucas Lima e David Braz (SFC); Edílson, Maícon, Ramiro e Geromel (GRE);
Cartão vermelho: Edílson (GRE);
Gols: David Braz, aos 44 do 1ºT (SFC); Fernandinho, aos 46 do 2ºT (GRE).

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alison (Leandro Donizete), Yuri e Luca Lima; Copete, Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro) e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Ramiro, Luan e Fernandinho; Everton (Miki Arroyo, depois Jaílson) e Pedro Rocha. Renato Gaúcho.