Nota de pesar

É com pesar que a diretoria do Santos FC informa o falecimento de Dalmo Gaspar, lateral-esquerdo bicampeão mundial interclubes, em 1962 e 1963. O presidente Modesto Roma Júnior decretou luto de sete dias. “Lamentamos a morte de um dos grandes jogadores da história do clube. O que ele fez está guardado na memória de todo o santista, de todas as gerações, e dá a ele a imortalidade alvinegra.”

 

Dalmo tinha 82 anos e faleceu em Jundiaí, sua cidade natal. Ele estava internado há pouco mais de um ano vítima do Mal de Alzheimer. O lateral foi o herói do bicampeonato mundial do Peixe, autor do gol contra o Milan, no Maracanã, no terceiro jogo da final, em 1963. Também é bicampeão da Libertadores da América.

O velório vai acontecer no Cemitério Municipal de Jundiaí, a partir das 16 horas desta segunda-feira (02). Já o enterro será realizado no Cemitério Nossa Senhora do Desterro, nesta terça-feira (03), às 10 horas, também em Jundiaí.

História

Dalmo nasceu no dia 19 de outubro de 1932 na cidade de Jundiai, no interior de São Paulo. Pelo Santos FC jogou 369 partidas e marcou quatro gols, no período de 1957 a 1964. Ele atuava como lateral-direito e formou na melhor defesa que o alvinhegro já teve com Gilmar, Mauro e Dalmo, Lima, Zito e Calvet.

O gols mais importante de sua carreira e também um dos mais importantes na história do clube foi marcado no dia 16 de novembro de 1963 de pênalti, que deu ao Peixe o título de Bicampeão do mundo.

Dia –16/11/1963 Santos 1 x 0 MilanAC
Local: Maracanã – Rio de Janeiro (GB)
Campeonato: Mundial Interclubes
Renda: Cr$ 91.546.000,00
Público: 120.421 + 8.835 gratuitos (129.252 total)
Árbitro:JuanBrozzi(ARG)
Expulsões: Maldini(MAC)eIsmael(SFC)expulsos
Gol: Dalmo
Escalação:Gylmar;Ismael,MauroeDalmo;HaroldoeLima;Dorval,Mengálvio,Coutinho,AlmirePepe
Técnico:Lula

Dalmo veio do Guarani para o Santos e fez sua estreia jogo contra o Palmeiras:

Dia – 26/10/1957  Santos 4 x 3 Palmeiras
Local: Pacaembu – São Paulo
Campeonato: Paulista
Gols: Pagão 2′, 44′, Edgard (contra) 68′ e Pelé 77′ – Mazola 19′ e Nilo 63′ e 88′
Escalação: Laércio, Dalmo e Mauro Torres; Fiote, Ramiro e Zito; Tite, Álvaro, Pagão, Pelé e Pepe
Técnico: Luiz Alonso Perez, o Lula

O último jogo foi contra o Juventus no dia 09 de agosto de 1964. Depois trabalhou como comentarista esportivo em Jundiaí.

Dia: 09/08/1964 – SFC2 x 1CAJuventus
Local: Rua Javari – SãoPaulo(SP)
Campeonato: Paulista
Renda: Cr$ 5.400.000,00
Público: + 12.000
Gols: Mengálvio 31′ e Pepe (p) 85′ – Gelson 6′
Escalação: Gylmar; Lima, Modesto e Dalmo: Zito e Haroldo; Peixinho, Mengálvio, Toninho, Rossi e Pepe
Técnico: Luiz Alonso Perez, o Lula

Títulos: Campeão Paulista: 1958/59/60/61/62/64 – Campeão das Libertadores nos anos de 1962/63 Campeão do mundo nos anos de 1962/63 – Campeão do Torneio Rio-São Paulo de 63/64 – Campeão Brasileiro nos anos de 1961/62/63/64.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *