Memória: Zito exercia, pela primeira e única vez, a função de técnico do Santos FC

Memória: Zito exercia, pela primeira e única vez, a função de técnico do Santos FC

No dia 08 de setembro de 1968, José Ely Miranda, exercia pela primeira e única vez, a função de treinador interino do Santos FC. Foi na partida diante do CA Paranaense em Curitiba. O técnico efetivo da equipe era Antoninho que não viajou com a equipe por motivos particulares. Nesse ano de 1968, o eterno capitão do Peixe recebeu o troféu “Glória do Esporte”, entregue aos jogadores que mais se destacaram em suas carreiras. O prêmio era concedido durante a apresentação do programa esportivo na TV Paulista – Canal 5.

Ficha técnica da partida diante do time do Paraná:
Santos FC 2×3 C Atlético Paranaense
Durival de Brito – Curitiba
Campeonato Brasileiro
R: NCr$ 99.810,00 – P: 24.303
Árbitro: Arnaldo César Coelho
SFC: Cláudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Edu, Toninho, Douglas (Marçal) e Pepe (Abel). Técnico: Zito
CAP: Célio; Djalma Santos, Beline (Vilmar), Charrão e Nilo; Nair e Paulista; Gildo, Madureira, Zé Roberto e Nilson.
Técnico: Nestor Alves
Gols: Toninho e Edu – Zé Roberto, Gildo e Madureira

 

Guilherme Guarche.
Coordenador do Centro de Memória e Estatística do
Santos Futebol Clube