Memória: Santos FC participava da inauguração do Estádio de São Cristóvão

Memória: Santos FC participava da inauguração do Estádio de São Cristóvão

No dia 23 de abril de 1916 o Santos FC participou da inauguração do Estádio do São Cristóvão em Figueira de Melo no Rio de Janeiro e empatou em 1 a 1 com a equipe do São Cri-Cri, que é oficialmente o único clube co-irmão do Santos FC com gol de Ari Patusca formando com: Benedito Soares; Américo e Cícero; Marba, Oscar e Pereira; Millon, Campos (Telesco), Ari, Alcides e Arnaldo. O responsável pelo comando da equipe era Urbano Caldeira. Nas arquibancadas da Vila Belmiro a diretoria santista colocou o escudo do time carioca e nas arquibancadas em Figueira de Melo o clube co-irmão colocou o escudo santista.

Curiosidade:

O detalhe desse jogo foi que as duas equipes jogaram a primeira etapa com camisas brancas, as camisas do time santista eram as camisas usadas no ano anterior que pertenciam ao time do União FC (nome que o Santos FC usou no campeonato santista de 1915), os meiões eram pretos e na cintura uma faixa preta para diferenciar do time carioca que só tem um uniforme que é o de camisas brancas. Na segunda etapa o Santos usou o seu uniforme tradicional que era até o ano passado o uniforme nº 1, camisas listradas em branco e preto com calções brancos.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística