Memória: Publicação mostrava que a primeira diretoria do Clube tomaria posse

Memória: Publicação mostrava que a primeira diretoria do Clube tomaria posse

Publicado na imprensa no dia 21/04/1912 – Diário de Santos.
SPORTS

Santos Foot Ball Club
Amanhã, às 2 horas da tarde, dar-se-á solenidade da posse da diretoria do “Santos Foot Ball Club”, na séde do Club Concordia, à rua do Rosário n.18.

O “Santos Foot Ball Club” foi fundado no domingo passado com o grande numero de 146 sócios, sendo, portanto de prever que o seu exito seja completo.
Isso mesmo lhe garante a primeira directoria, que é composta de sportmen esforçados e dedicados, como se pode ver pela rapida referencia que passamos a fazer.

O sr. Sizino Patusca, presidente, é o cavalheiro de fina sociedade cujos esforços fizeram do antigo Americano um club respeitadissimo no Estado. Com o seu invejavel prestigio é de esperar que o novo club tenha uma direcção iniciada das melhores conquistas.

O sr. Cicero F. De Lima é um dos introductores do foot-ball em Santos. Tendo sido um incançavel director do “Club Athetico Internacional”, que muito deveu a sua competencia e dedicação. O sr. George P. Cox é um tradicional foot-baller. Foi varias vezes director do Internacional, impondo-se à admiração de todos os sportmen pelo seu admiravel tino sportivo.

O sr. Dario Frota é um braço forte do “Internacional de Regatas” e tem sido um constante amigo do foot-ball, pertencente a varios clubs deste bello sport. O sr. Jonas de Campos Pacheco é o admiravel sportmen que em cada ramo de sport a que se dedica conquista os melhores louros. Henrique Tross é um nome popular no meio sportivo daqui e de São Paulo.Incansavel, tenaz, tem conseguido grandes victorias no sport.

O sr. João Carlos de Mello é uma revelada competencia no sport. Como ainda está na memória de todos os sportmen pelas provas que deu no tempo em que o foot-ball em Santos constituia o sport predilecto.

É desnecessario encarecer todos os outros directores do novel club. Basta o facto de cogitar em agora reerguer o foot-ball em Santos para demonstrar o seu amor pelo sport. São todos cavalheiros dedicados a esse bello meio de communicabilidade social. Dispensa-se, portanto, qualquer elogio que lhes possamos fazer, certo que se está de que o melhor encomio que lhes dedicamos é o applauso pela fundação do “Santos Foot-Ball Club”, ao qual desejamos as melhores prosperidades.

Ao acto de posse amanhã não deve faltar nenhum director do novo club já que tão auspiciosa foi a fundação do “Santos Foot-Ball Club”, que a posse de sua primeira directoria seja o acto garantidor do seu exito completo.