Memória: Pepe brilha na segunda partida da decisão do Torneio Mundial Interclubes de 1963

Memória: Pepe brilha na segunda partida da decisão do Torneio Mundial Interclubes de 1963

No dia 14 de novembro de 1963, na segunda partida da decisão do Torneio Mundial Interclubes, o Santos FC vencia em noite de fortes emoções a equipe italiana do Milan pelo placar de 4 a 2, com o entusiasmo do torcedor carioca que proporcionou a renda recorde no Brasil,lotando as dependências do Estádio do Maracanã. Incentivando e vibrando com o time da Vila Belmiro, que teve no ponta-esquerda Pepe o grande condutor da virada santista marcando dois gols de falta na vitória empolgante do Alvinegro Praiano, provocando a necessidade de mais um jogo, já que na primeira partida disputada em Milão, na Itália, o time italiano houvera vencido pelo placar de 4 a 2. A renda foi de Cr$ 98.065,500,00 e o público foi de 132.728 espectadores.

Os tentos do Peixe foram marcados por Pepe (2), Almir e Lima na noite em que no segundo tempo da partida a chuva caiu impiedosamente sobre a cidade maravilhosa,que viu o Peixe jogar com Gilmar; Ismael, Mauro e Dalmo; Haroldo e Lima; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Almir e Pepe. Técnico Lula. Os jogadores Pelé, Zito e Calvet contundidos não participaram da jornada épica na capital carioca.

Guilherme Guarche
Coordenador do Centro de Memória e Estatística do
Santos Futebol Clube