Memória: Pelé era expulso pela primeira vez na carreira

Memória: Pelé era expulso pela primeira vez na carreira

No dia 22 de dezembro de 1957, o garoto Edson Arantes do Nascimento, com apenas 17 anos de idade, era expulso do gramado pela primeira vez em sua magistral carreira. Tal fato se deu na partida vencida pelo Santos FC diante do Corinthians, pelo placar de 1 a 0, com Dorval marcando o tento solitário santista que formou com: Manga; Urubatão, Dalmo, Fiote e Ramiro; Zito e Jair Rosa Pinto; Dorval, Guerra, Pelé e Pepe. O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

No time adversário foi expulso, o zagueiro Olavo Martins que viria jogar no Alvinegro praiano nos anos de 1961/1965 e ser o técnico do Peixe nos anos de 1975/76. No time da capital nessa partida válida pelo campeonato paulista, jogaram os atletas: Gilmar, Olavo, Cláudio e Zague que também tiveram em suas carreiras partidas disputadas com a camisa do Santos FC inclusive o técnico nesse jogo era Oswaldo Brandão que também foi técnico do Peixe no período de 1948/50 e que dirigindo o time da Vila Belmiro contra o Corinthians nunca perdeu nenhuma partida, em seis partidas venceu cinco e empatou apenas uma. Essa partida foi a segunda partida do famoso “Tabu” que durou de 1957 a 1968 época em que o time santista ficou sem perder para o time do Parque São Jorge em partidas do campeonato paulista.

Curiosidade

Além da partida acima, o eterno Rei Pelé, foi expulso de campo em partidas nas quais defendeu o Alvinegro mais famoso do mundo, exatas 11 partidas, sendo que a última vez em que deixou forçosamente as quatro linhas foi no dia 23 de novembro de1969 na partida disputada contra o CA Mineiro no Mineirão, em Belo Horizonte.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística