Memória: Há cinco anos Vila Belmiro foi palco de um dos gols mais bonitos da história

Memória: Há cinco anos Vila Belmiro foi palco de um dos gols mais bonitos da história

(foto: divulgação/Santos FC)

No dia 27 de julho de 2011, o garoto Neymar marcava um dos gols mais bonitos que o Estádio Urbano Caldeira tem em seus registros. O garoto marcou, aos 26′ do primeiro tempo, a obra de arte que lhe rendeu o Troféu Puskas de o gol mais bonito do ano de 2011.

Naquela noite estavam presentes no estádio santista 12.968 pessoas que foram brindados com o golaço na derrota santista pelo placar de 5 a 4 diante do Flamengo em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. O time Alvinegro formou com: Rafael, Pará, Durval, Edu Dracena, Léo, Arouca, Ibson, Elano (Alan Kardec), PH Ganso, Neymar e Borges. O técnico era Muricy Ramalho.

Neymar ganhou o troféu concorrendo com Messi e Rooney. Essa foi a segunda vez em que ele foi indicado ao prêmio.No ano anterior, o gol que marcou diante do Santo André no Campeonato Paulista ficou entre os 10 gols mais bonitos.

Os outros tentos santistas na derrota santista foram marcados por: Borges (2) e novamente Neymar, que marcou mais um na etapa complementar.
Guilherme Guarche. – Coordenador do Centro de Memória e Estatística