Memória: Com gol de Toninho Guerreiro, Santos FC conquistava a Recopa Mundial

Memória: Com gol de Toninho Guerreiro, Santos FC conquistava a Recopa Mundial

No dia 24 de junho de 1969, o Santos FC conquistava a Recopa Mundial ao derrotar a equipe da Internazionale por 1 a 0 com gol de Toninho Guerreiro, no tradicional Estádio de San Siro, na Itália, na primeira partida em que se decidiria a Recopa dos Campeões Intercontinentais de 1968 formando o time santista dirigido pelo técnico Antônio Fernandes, o Antoninho com: Cláudio (Laércio); Carlos Alberto, Ramos Delgado, Djalma Dias e Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Edu, Toninho, Pelé e Abel.

Essa Recopa foi a primeira edição do torneio no qual participavam todos os clubes que foram campeões da Copa Intercontinental disputada na América do Sul e na Europa. Na Zona Européia, os campeões eram a Inter e o Real Madrid que desistiu do torneio e a Inter classificou-se para enfrentar o time da Vila Belmiro que foi o campeão da Zona Sul-Americana de 1968.

Curiosidade

As duas partidas do torneio estavam a princípio marcadas para serem realizadas no mês de dezembro de 1968, porém foram transferidas para o ano de 1969. A segunda partida que seria realizada no Brasil, nunca aconteceu já que o time italiano alegando falta de faltas foi postergando a realização do encontro, mesmo tendo sido oferecido a eles pela diretoria do Peixe, uma segunda partida em Nápoles, com o que eles não concordaram.

Segundo apurou-se junto a imprensa italiana é que a equipe da Inter temia em sofrer nova derrota para o Peixe, pois como haviam perdido a primeira partida dentro de seus redutos, perderiam também a segunda disputa, fosse na Itália ou no Brasil, já que consideravam o Santos como o melhor time do futebol mundial.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística