Memória: Com 4 gols de Pelé, Santos FC goleava equipe da Bélgica por 10 a 1

Memória: Com 4 gols de Pelé, Santos FC goleava equipe da Bélgica por 10 a 1

No dia 31 de maio de 1960, o Santos FC aplicava uma sonora e retumbante goleada ao derrotar sem dó e nem piedade a equipe belga do Royal Beerschot VAC em partida amistosa disputada no Bosuil Stadium na capital da Bélgica, a cidade de Antuérpia, no Velho Continente, partida essa que foi em benefício de crianças com defeitos físicos. Os tentos do Peixe foram marcados por: Pelé (4), Coutinho (3), Tite, Urubatão e Ney um gol cada formou o time goleador com: Laércio (Irno), Mauro (Pavão) e Zé Carlos (Feijó); Calvet, Formiga (Getúlio) e Zito (Urubatão) (01); Sormani, Mengálvio (Ney) (01), Coutinho, Pelé e Pepe (Tite) (01). O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

Nesse giro em gramados europeus o Alvinegro da Vila Belmiro jogou 18 partidas vencendo 15 empatando 01 e perdendo 02 partidas marcando 74 e sofrendo 30 gols com os seguintes artilheiros: Pelé (27), Coutinho (17), Pepe (12), Dorval (6), Sormani (4), Zito (3), Tite e Urubatão com dois cada um e Ney com um gol.

Curiosidade

O que muito torcedores santistas desconhecem é que um dos gols assinalados na goleada em cima do Royal Beerschot e que consta como sendo de autoria de Ney, na realidade o gol foi marcado pelo ator brasileiro Anselmo Duarte vencedor da “Palma de Ouro” do festival internacional de cinema em Cannes na França em 1962, por sua atuação no filme “O Pagador de Promessas”.

Na súmula da partida o nome do artista não é citado porque ele não era um jogador com registro de atleta profissional e ele entrou em campo porque estava acompanhando e treinando com o time santista na Europa e por ser muito amigo dos jogadores e dirigentes do Alvinegro Praiano.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística