Memória: Calvet fazia a partida de estreia com a camisa do Peixe

Memória: Calvet fazia a partida de estreia com a camisa do Peixe

No dia 18 de fevereiro de 1960, o gaúcho da cidade de Bagé, Raul Donazar Calvet, na época com 25 anos, fazia sua primeira apresentação com a camisa do Santos FC n empate em 3 a 3 diante do Sporting Cristal, no Estádio Nacional de Lima, no Peru. Os autores dos gols do Peixe foram de Pagão (2) e Pepe formando o Peixe com: Laércio; Urubatão, Getúlio e Dalmo; Formiga e Zito (Calvet); Dorval, Mario (Afonsinho), Ney, Pelé (Pagão) e Pepe. Técnico: Luiz Alonso Perez, Lula.

Calvet foi contratado junto ao Grêmio Porto-alegrense para formar a zaga central ao lado de Mauro Ramos de Oliveira e jogou no Alvinegro 217 partidas no período de 1960 a 1964 tendo marcado apenas um gol com a camisa do time praiano, pela Seleção Brasileira jogou enquanto esteve no Alvinegro 11 partidas.

O clássico quarto-zagueiro iniciou sua trajetória no Guarani de Bagé, clube pelo qual foi eleito presidente depois que abandou o futebol. Quando jogou pelo Combinado Guarani FC/GE Bagé contra o Santos FC no dia 24 de março de 1957 na cidade de Bagé no empate pelo placar de 1 a 1 com Pelé marcando para o Peixe e ele, Calvet marcou o único tendo do combinado gaúcho.

Curiosidade

O pesquisador e fanático torcedor santista, Wesley Miranda elegeu Calvet como sendo o melhor quarto-zagueiro que o Santos já teve em suas fileiras e o coloca na seleção santista de todos os tempos. Wesley relata que Calvet logo após ter seu passe adquirido pelo Peixe, foi multado pela Federação Gaúcha de Futebol por ter faltado aos treinamentos contra a equipe do Farroupilha de Pelotas. Nesse período ele era o titular da Seleção Brasileira que participaria dos jogos pan-americanos. Calvet faleceu no dia 29 de março de 2008.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística