Ídolo santista, Renato comemora aniversário

Ídolo santista, Renato comemora aniversário

No dia 15 de maio de 1979, nascia na cidade de Santa Mercedes, interior de São Paulo, Renato Dirnei Florêncio, o atual volante do Santos FC. O craque quando começou a jogar no Santos FC no ano de 2000, também era conhecido pelo apelido de Renatinho, sua estreia com a camisa santista se deu no dia 29 de julho de 2000, no empate em 0 a 0 diante do São Bento, no Estádio Valter Ribeiro em Sorocaba, em partida amistosa. O Peixe que era dirigido pelo técnico Giba, formou com: Pitarelli; Michel, André Luís, Claudiomiro e Rubens Cardoso (Dutra); Anderson Luís, Renato (Valdo), Baiano e Robert (Ailton); Dodô (Julio Cesar) e Eduardo Marques (Deivid).

Renato jogou pelo Alvinegro Praiano em sua 1º passagem, após ter sido contratado da equipe do Guarani de Campinas, no período 2000-2004, 223 partidas, marcando 25 gols, sua última partida nessa fase foi no empate diante do Atlético-MG em 3 a 3, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro no dia 30 de maio de 2004.

Nessa 1º fase, Renato conquistou os Títulos de Campeão Brasileiro 2002 e 2004. O valente Renato foi então negociado com a equipe do Sevilla da Espanha no ano de 2004, e exatamente 10 anos depois ele retornou a Vila Belmiro no dia 22 de maio de 2014 no empate em 2 a 2, contra o Goiás, no Estádio Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro, na equipe que era dirigida por Oswaldo de Oliveira e que formou com Aranha; Cicinho, David Braz, Jubal e Zé Carlos; Arouca, Renato (Leandrinho), Cícero e Lucas Lima; Geuvânio (Victor Andrade) e Gabriel (Stéfano Yuri). Os gols do Alvinegro foram marcados por Geuvânio e Cícero.

Até a partida de ontem contra o Fluminense Renato conquistou os títulos de Campeão Paulista de 2015 e Bicampeão Paulista de 2016, completando nesse dia exatas 363 partidas com 31 gols assinalados. Parabéns Renato, pelos seus bem vividos 38 anos.

Curiosidade

Quando jogava pelo bugre campineiro, Renato disputou duas partidas diante do Santos FC, uma no Estádio Urbano Caldeira, e outra no Estádio Brinco de Ouro. Na partida realizada na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista, o time santista venceu por 2 a 1, e o gol de honra do Guarani, foi marcado por Renato, no dia 30 de abril de 2000.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística