Com presença de jogadores, campanha de doação de sangue é sucesso na Vila Belmiro

Com presença de jogadores, campanha de doação de sangue é sucesso na Vila Belmiro

(fotos: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Após a goleada por 5 a 3 diante do Capivariano, o Santos FC fez um golaço de placa na Vila Belmiro. Nesta terça-feira (5), o Alvinegro Praiano, em parceria com o Hemonúcleo de Santos, promoveu um importante evento para incentivar a doação de sangue. Foram aproximadamente 80 candidatos, com 60 doações realizadas. Veja aqui as fotos.

A ação contou com a participação de jogadores do Peixe, que estimularam os torcedores à realizar a doação. Zeca, Léo Cittadinni, Vitor Bueno, Rafael Longuine e David Braz estiveram no vestiário da equipe profissional participando do evento.

“Estou muito feliz por participar desta ação. O Santos FC já tem no seu histórico fazer ações solidárias. Sabemos, infelizmente, que são muitas as pessoas que precisam de sangue. É algo que não dá para comprar. Só resolve com ajuda mesmo.”, disse o zagueiro David Braz.

Doação Sangue Braz

” Nós achamos que a ação foi muito bem sucedida. Tivemos muitas pessoas doando sangue. Ficamos muito contentes com a participação dos nossos jogadores. Além da doação, o incentivo dos atletas é algo muito importante.”, afirma Silvia Maria Tagé Thomáz, uma das organizadoras do evento.

Vários torcedores do Peixe compareceram para a doação. Além de ajudar o próximo, os fãs quiserem conhecer os atletas de perto. ” Acho que é uma ótima ação, um grande incentivo. Eu já estava querendo doar há muito tempo e sempre inventava desculpas. Mas quando vi que os jogadores estariam aqui, veio um estímulo a mais para eu querer doar. Eu, como santista, gostei bastante.”, disse o torcedor Gustavo Ribeiro Dias.

Doação Sangue Vila

A médica Rosangela Santos fala sobre a importância da data e explica o procedimento para doar sangue. “Foi tranquilo, sensacional. Não tivemos nenhum problema, além disso os jogadores foram muito simpáticos. Tudo fluiu muito bem. Para doar sangue a pessoa precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, estar em bom estado de saúde, realizar uma prévia com vários exames e responder um questionário baseado na nossa legislação vigente. Com a aprovação, a pessoa pode doar sangue, que não dura mais do que 15 minutos.