Santos FC recebe EC São Bernardo nesta quinta (26) pelo Campeonato Paulista Sub-20

Santos FC recebe EC São Bernardo nesta quinta (26) pelo Campeonato Paulista Sub-20

Às 15 horas desta quinta-feira (26) a equipe Sub-20 do Santos FC volta a campo contra o EC São Bernardo, pela quarta rodada do Campeonato Paulista da categoria. A partida acontece no CT Rei Pelé e terá transmissão ao vivo da FPF TV (Eleven e Youtube). Na última rodada da competição estadual, os Meninos da Vila venceram fora de casa o São Caetano, pelo placar de 1 a 0, com belo gol de falta marcado por Lucas Pires.

Treinador da categoria Sub-20 do Santos FC, Rodrigo Chipp comentou a integração com o elenco Sub-23, que reforçou a equipe na última partida da competição estadual. Chipp também avaliou a importância do confronto da próxima rodada para a sequência da equipe no Paulistão Sub-20. Atualmente, a equipe ocupa a terceira colocação do grupo 9, com quatro pontos conquistados nas três primeiras partidas.

“É uma equipe muito jovem, em que a grande maioria dos jogadores serve o profissional e à categoria Sub-23. Nesse último jogo do Paulista, alguns jogadores do Sub-23 desceram e nos ajudaram. As comissões técnicas do Sub-23 e do Sub-20 fizeram uma integração e a gente conseguiu o resultado positivo num jogo difícil contra o São Caetano. Todo mundo que vem jogar contra o Santos vem com um nível de motivação muito alto. Para este próximo jogo teremos essa integração novamente, a ideia é manter é aumentar o nível de jogo. Tivemos tempo para trabalhar, os jogadores sabem da importância desse próximo jogo para se manter na zona de classificação e colocar o Santos na segunda fase do Campeonato Paulista”, disse o treinador da equipe Sub-20 do Santos FC.

Autor do gol da vitória sobre o São Caetano, o lateral-esquerdo Lucas Pires, assim como o zagueiro Jhonnathan, que também integrava a equipe Sub-20, foi relacionado pelo técnico Fernando Diniz para a partida de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. Chipp falou da importância da formação desses atletas para a equipe principal e avaliou o papel das categorias de base na formação individual dos atletas.

“Desde o ano passado quando eu cheguei aqui, no Sub-17, vários jogadores subiram, tanto para o Sub-23 quanto para o profissional e este é nosso papel. É trabalhar os atletas individualmente, colocá-los dentro de uma dinâmica coletiva, tentar representar bem o Santos. Mas muito mais que o resultado, quando o professor Diniz vê potencial nos jogadores, vê uma possibilidade de evolução com o trabalho na equipe de cima, ele faz um belo trabalho”, avaliou Rodrigo Chipp.

Com duas competições em andamento no Sub-20, Chipp destacou a necessidade de manter o foco de seus comandados nesta fase de transição para a equipe principal.

“Nosso papel é diminuir o déficit individual dos jogadores, aumentar a capacidade individual para eles representarem bem no time de cima. Todo mundo quer ganhar, todo mundo quer competir e apesar dessa questão formativa, que é nosso principal papel nessas categorias, também precisamos inserir uma mentalidade vencedora nos jogadores”, completou o treinador.

(Texto: Tiago Maestre (Estagiário) com supervisão de Fábio Maradei (Gerente de Comunicação) e Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)